Esse poderia ser um dos animais mais raros de duas cabeças que já vimos.

ANÚNCIO

Uma toninha de duas cabeças foi capturada em uma rede por pescadores holandeses no Mar do Norte. Esta toninha de porto é a primeira desse tipo já descoberta.

A poliefalia é uma condição congênita na qual um animal nasce com várias cabeças. Se houver apenas dois, a condição pode ser referida como dicefalia.

ANÚNCIO

Embora tartarugas e cobras sejam os animais dicefálicos mais comuns, vacas de duas cabeças, cachorros, gatos, peixes e porcos também são regularmente documentados.

two-headed porpoise

Embora a toninha do porto seja bastante comum nesta parte do mundo, nenhuma criatura de duas cabeças jamais foi vista. De fato, essa espécie só foi vista produzindo gêmeos uma vez antes.

ANÚNCIO

Na família dos cetáceos – que inclui baleias, golfinhos e botos – apenas 10 casos de poliefalia foram registrados, segundo o Online Journal do Museu de História Natural de Roterdã.

two-headed porpoise

O ACHADO
Os pescadores estavam a 24 quilômetros da costa quando notaram algo estranho em sua rede de arrasto. Eles puxaram a estranha forma a bordo, mas ela já estava morta.

As toninhas tinham 27 polegadas de comprimento e pesavam cerca de 13 libras. Os gêmeos eram do sexo masculino, mas é improvável que tenham sobrevivido por muito tempo – se é que o fizeram.

Os animais policefálicos geralmente vivem por apenas alguns dias, enquanto seus órgãos lutam para atender às demandas de seus corpos. Um cetáceo teria muita dificuldade em nadar com dois cérebros dizendo o que fazer.

two-headed porpoise

Enquanto gostaríamos de adicionar os gêmeos à nossa coleção de esquisitices de animais, os pescadores decidiram jogá-lo de volta ao mar.

Eles temiam que a posse do golfinho pudesse ser ilegal. Assim, o espécime é perdido para nós e para os cientistas. 

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ripleys

 

ANÚNCIO