Escolha a sua área: Arquitetura #3

escolha a sua area arquiteturaVocê ainda está perdidão em que cursar na faculdade? Não se preocupe, o Minilua pode de ajudar nessa difícil escolha. O “escolha sua área” vai lhe ajudar com informações e as mais frequentes dúvidas que vocês tem sobre uma determinada área, e para ficar melhor, tudo respondido por um profissional que já se encontra no mercado de trabalho.

A área de hoje é Arquitetura! E para falar sobre o tema, convocamos a galera do Blog da Arquiteta, um super blog que traz as tendências da arquitetura, urbanismo e afins.  Confira abaixo a entrevista!




Arquitetura – Blog da Arquiteta

Minilua: Como surgiu o “Blog da Arquiteta” ?
Blog da Arquiteta: O blog surgiu em 2011, de uma vontade antiga de escrever sobre arquitetura. Resolvemos criar o Blog, e após alguns testes de layout e tipo de conteúdo, definimos como iríamos formatar nossas postagens e o visual que o blog teria. Após tudo definido, investimos bastantes em divulgação nas redes socias, e conquistamos aos poucos um público fiel.

ML: Que tipos de disciplinas os alunos podem esperar na graduação?
B.A: O curso de arquitetura é baseado em eixos: projeto arquitetônico; projeto urbanístico; história da arquitetura e tecnologia. Dentro desse universo, existirão matérias que vão desde a elaboração de projetos, de acordo com o tema que o professor define, até estudos teóricos sobre história antiga, moderna e contemporânea, brasileira e internacional. Sem esquecer claro, de alguns cálculos de resistência dos materiais, e de disciplinas relacionadas ao conforto ambiental. É uma faculdade multidisciplinar, em que o aluno deve dominar diferentes áreas, umas com maior aptidão, outras com menos.

arquitetura_regua_lapis

ML: No Brasil o trabalho do arquiteto é valorizado?
B.A: Eu diria que sim, mas pelas esferas da sociedade mais instruídas, e que realmente sabem o que o arquiteto faz. Mas é muito comum encontrar pessoas que acham que o arquiteto “desenha plantas” quando na verdade seu trabalho envolve conceitos muito mais complexos. Nesse sentido, a separação do sistema CREA foi muito importante, pois agora que temos um conselho só para arquitetura, o CAU, poderemos desenvolver melhor nossa identidade. O CAU já veicula campanhas sobre o papel do arquiteto na sociedade, e conscientiza a população sobre nosso trabalho.

ML: Em quais áreas um arquiteto pode atuar?
B.A: Desde a mais clássica, que é o projeto de arquitetura, até o urbanismo, paisagismo, ambientação de interiores, e no ensino em faculdades de arquitetura, nesse último  caso, sendo necessária dedicação a carreira acadêmica, através de mestrado e doutorado.

ML: De onde vocês tiram as inspirações para os projetos?
B.A: As inspirações podem vir das mais diversas fontes, desde uma cidade que você visitou, até a casa da sua infância, ou um projeto bacana que você viu publicado em uma revista ou website. Muita  coisa é invenção, mas não podemos nunca esquecer de adaptar nossas ideias aos condicionantes: verba para construção, vontade dos clientes, e capacidade tecnológica daquilo ser executado. É sempre um desafio, onde devemos dosar com sabedoria os fatores, para conseguir uma solução final interessante, apesar dos limites.

ML: Para quem pretende estudar arquitetura, os programas do tipo CAD, como o próprio AutoCAD, já ajudam a se familiarizar com a área?
B.A: Sim. É importante saber lidar com o AutoCAD, Revit e SketchUp ou 3ds Max. Esses programas são ótimos para facilitar a vida do arquiteto. Porem é bom lembrar que são apenas ferramentas. Nenhum projeta sozinho, eles apenas representam suas ideias, e para projetar, além de saber como o programa funciona, o arquiteto tem que obrigatoriamente dominar as regras de desenho arquitetônico, que são definidas por Norma.

revit-architecture

ML: Quais são os desafios que um profissional pode encarar durante a carreira?
B.A: Desde a criação da sua clientela, para se estabelecer no mercado e conseguir clientes e projetos, até na questão dos clientes que somem, não te pagam, ou pechincham demais para desvalorizar seu trabalho. Felizmente esse tipo de cliente se torna mais raro a cada ano, mas ainda existem pessoas desse tipo que não valorizam nosso trabalho, e acham que o que fazemos é muito fácil e não merece ser cobrado pelo que é justo.

ML: Atualmente muito tem se falado em Desing de interiores. Essa área também é estudada no curso de graduação de arquitetura?
B.A: Sim. Os cursos oferecem ferramentas para quem quer essa área, porém é sempre recomendado para quem deseja seguir por esse nicho, que apos a faculdade se faça uma pós graduação em design de interiores, para aprimorar e melhorar seus conhecimentos.

ML: Quais dicas vocês poderiam dar para quem pretende cursar arquitetura?
B.A: Estudar bastante história e desenho geométrico para passar no vestibular, e depois que entrar na faculdade, sempre fazer cursos dos mais diversos softwares (citados acima), ter muita paciência, persistência e força de vontade, pois o curso de arquitetura exige muito trabalho, e algumas noites sem dormir. Mas no final, vale muito a pena se tornar um arquiteto, se é isso o que você ama e realmente gosta, não desista e siga em frente!

E aí, galera! O que achou da entrevista? Curtiu? Deixe a sua opinião nos comentários!
Quem quiser deixar sugestões para o próximo “Escolha a sua área” já sabe, basta deixar nos comentários!

Reaja! Comente!
    Topo