Escola indiana obriga alunos a escrever com as duas mãos

Foto: SWNS

Quem é canhoto e nasceu antes da década de 90, com certeza já passou por algum tipo de preconceito por usar a mão esquerda. Sabe aquele tio que te obrigava a usar a mão direita para usar os talheres ou escrever? Pois bem, eu já passei por isso na infância, ser toda hora lembrado que estava usando a “mão errada”. Que coisa chata!

A solução, talvez, seria aprender a usar a mão direita, e assim, virar ambidestro, o que não é fácil. Mas uma escola na Índia leva isso ao extremo e exige que os alunos sejam ambidestros, eu seja, escrevam com as duas mãos.

Na Veena Vandini School, os 300 alunos são ambidestros. Alguns, pasmem, conseguem escrever ao mesmo tempo com as duas mãos, e até mesmo idiomas diferentes, um em cada mão.

Para chegar a esse nível de perfeição, os alunos dedicam 15 minutos de cada aula, que tem a duração de 45 minutos, na prática de escrever com as duas mãos. Eles praticam escrevendo as mesmas palavras em diferentes idiomas, ajudando na concentração e memorização.

De acordo com o diretor da escola, que é ex-soldado, a ideia surgiu para homenagear o primeiro presidente da Índia, Rejeendra Prasad, que era ambidestro.

Veja o vídeo abaixo e se surpreendas com a agilidade das crianças.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo
<-- /home/edenilson/web/minilua.com/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/escola-indiana-obriga-alunos-a-escrever-com-as-duas-maos/index.html //-->