Entendendo os símbolos #2

Todos os dias encontramos milhares de sinais e símbolos. Mas você já se perguntou sobre as origens desses símbolos? E estamos usando-os da maneira correta?

Decidimos investigar essas questões e agora oferecemos a respostas de alguns símbolos famosos, seu significado e origem, que permaneciam um mistério para a maioria das pessoas, até hoje.




1. Ampersand (&)

Esse símbolo  comercial representa a conjunção et, do latim, que significa “e”. Ele foi usado pela primeira vez na Roma Antiga, pelo assistente pessoal de Cícero, Tiro. Para acelerar a escrita, ele inventou um sistema de abreviações - conhecido como “Notas Tironianas”.




2. Coração

Neste caso, as coisas são menos claras. Todos sabemos que o formato do coração humano pouco tem a ver com a representação simbólica. No entanto, existem algumas teorias sobre as origens do símbolo.

Quando cisnes apaixonados se aproximam no meio de um lago, seus pescoços se fundem em uma forma similar ao símbolo do coração. Em muitas das culturas do mundo, essas aves representam amor, lealdade e devoção, devido ao fato de que os casais permanecem juntos para toda a vida.

Outra hipótese diz que o símbolo do coração originalmente representava a forma feminina. Os defensores desta teoria argumentam que o símbolo retrata a forma da pelve feminina. Os gregos antigos eram conhecidos por atribuir significado especial a esta parte da anatomia da mulher e ainda construíram um templo muito especial para a deusa Afrodite. Era especial, pois era o único templo no mundo em que as pessoas adoravam as nádegas. Isso mesmo, você leu certo!

Há também uma teoria afirmando que este símbolo representa a forma de uma folha de hera. Em seus vasos, os gregos costumavam incluir folhas de hera em desenhos que retratavam Dionísio - o deus da vinificação e patrono da paixão. Muitos acreditam que, esse símbolo do coração, é, na verdade, dois corações de verdade, juntos 




3. Bluetooth

No século X, a Dinamarca era governada pelo rei Harald Blåtand, uma figura histórica famosa por unir as tribos dinamarquesas em um único reino. Harald era chamado frequentemente de “Bluetooth” (dente azul), uma vez que era um apreciador de mirtilo, mais conhecido como blueberry (essa fruta possui uma coloração azulada), e de tanto comê-las, seus dentes ficaram manchados de azul.

A tecnologia Bluetooth é projetada para unir vários dispositivos em uma única rede. O símbolo que representa esta tecnologia é uma combinação de duas runas escandinavas: “Hagall” (ou “Hagalaz”), que é o análogo do latino “H”, e “Bjarkan” - uma runa que é igual à letra latina “B”. Duas runas formam as iniciais do nome de Harald Blåtand. E a  primeira geração do dispositivo Bluetooth era de cor azul e - sim, você adivinhou - se assemelhava a um dente.




4. Medicina

Muitas pessoas não sabem, mas o símbolo da medicina (um bastão com asas e duas cobras) foi adotado pela primeira vez por engano.

Segundo a lenda, o deus grego Hermes (na mitologia romana, Mercúrio) possuía um cajado mágico, o Caduceus, que parecia exatamente como o símbolo da medicina moderna. O Caduceus tinha o poder de parar qualquer disputa e reconciliar inimigos, mas não tinha nada a ver com a medicina.

A simples verdade é que, há algumas centenas de anos atrás, os médicos militares dos EUA confundiram o Caduceus com o bastão de Asclepius (Deus grego da cura e da medicina). O bastão de Asclepius é semelhante, mas não tem asas e há apenas uma serpente, por isso o erro é bastante compreensível.  O símbolo se tornou popular e hoje é usado, mesmo “errado”, para representar a confidencialidade médica.




5. Liga/Desliga

Esse símbolo pode ser achado em qualquer dispositivo, mas poucos sabem sua origem.

Em 1940, engenheiros usaram um sistema binário para representar determinadas funções, sendo que 1 significa ligado e 0 significa desligado. Com o passar do tempo, 1 e 0 foram fundidos numa só imagem para representar o botão liga/desliga.




6. Paz

O símbolo de paz foi inventado em 1958, durante os protestos contra o uso de armas nucleares. O símbolo é uma combinação das letras “N” e “D” (Nuclear Disarmament – Desarmamento Nuclear), conforme o código semafórico.

No código semafórico , a letra “N” é representada por duas bandeiras sendo seguradas em um “V” invertido, e a letra “D” é mostrada por uma pessoa segurando uma bandeira apontada para cima a outra bandeira apontando para baixo. Sobrepor estes dois sinais forma o símbolo da paz.

Muitos “hoaxes” afirmam pela internet a fora que este símbolo é uma runa, a Cruz de Nero ou mesmo um símbolo usado por satanistas e/ou nazistas, mas relaxe, tudo isto não passa de lenda.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo