Enorme nuvem de cogumelo preenche o céu em Kiev, a cerca de 100 km de Chernobyl

ANÚNCIO

Uma enorme nuvem em forma de cogumelo encheu o céu acima de Kiev, capital da Ucrânia, causando pânico entre os moradores. A cidade está localizada a apenas 100 quilômetros do local do desastre nuclear de Chernobyl – no entanto, autoridades ucranianas disseram às pessoas para não entrar em pânico.

Como você pode ver no vídeo acima, uma nuvem gigante se formou no céu sobre a Kiltseva Road em forma de cogumelo, algo comumente associado a uma explosão nuclear.

ANÚNCIO

Apesar da garantia das autoridades do governo de que nada de sinistro ocorreu, os cidadãos estavam claramente preocupados com o que estavam vendo.

Enorme nuvem de cogumelo preenche o céu em Kiev, a cerca de 100 km de Chernobyl

Alguns pensaram que poderia ser o resultado de testes secretos realizados pela vizinha Rússia – uma pessoa escreveu nas mídias sociais: “Putin está testando uma nova arma nuclear?”

ANÚNCIO

Enquanto isso, outros pensavam que poderia ser algo um pouco mais, bem, de outro mundo, com outra pessoa pensando: “Isso é um OVNI?”

Como se vê, a nuvem era muito menos preocupante. Na verdade, foi o resultado de um fenômeno natural conhecido como nuvem de bigorna, ou – para usar o termo mais científico – cumusonimbus incus.

Este é o termo para nuvens cumulonimbus que atingiram a estabilidade estratosférica e formaram a característica forma plana, no topo da bigorna, e geralmente são uma indicação de uma tempestade que se aproxima.

Incrivelmente, por mais forte que o vento seja, eles não se movem, mas desaparecem lentamente com o tempo.

Isso não impediu o Serviço de Emergência do Estado ucraniano de se divertir um pouco. Ao publicar uma foto da nuvem nas mídias sociais, o serviço perguntou: “Admita, quem ficou com medo?”

A equipe responsável pela conta admitiu a verdade, felizmente, explicando que o que as pessoas estavam vendo era “conhecido como nuvem de bigorna, portanto não havia motivo para preocupações”.

Não é surpresa que as pessoas tenham ficado preocupadas com a visão bizarra, com o desastre de Chernobyl de 1986 voltando à consciência pública como resultado da minissérie da HBO / Sky em 2019.

Chernobyl, uma dramatização em cinco partes que gira em torno do impacto do desastre e da tentativa de limpeza que se seguiu, reuniu rapidamente uma enorme audiência após a sua libertação.

O escritor Craig Mazin disse mais tarde sobre o programa: “A lição de Chernobyl não é que a energia nuclear moderna é perigosa. A lição é que mentira, arrogância e supressão de críticas são perigosas”.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ladbible

ANÚNCIO