Edward Mordrake, o homem das duas faces

1224970988629_f

Conta a história que Edward Mordrake era um herdeiro de um título de nobreza do século XIX, na Inglaterra. Mordrake era um músico muito sábio. A população o considerava “brilhante e encantor”.

Era considerado muito belo, visto de frente, porém na parte traseira de sua cabeça existia um segundo rosto, que todos diziam ser “torcido e do mal”. Esta outra face não comia, porém conseguia “rir e chorar”.

A remoção desta segunda face teria sido solicitada aos médicos por Edward, que a chamava de “cabeça demoníaca”, pois afirmava que ela “falava coisas horríveis a noite”.

Muitos acreditavam que os olhos da segunda face os seguiam. Mesmo Edward tendo jurado que às vezes era obrigado a ficar acordado por estar com “ódio dos sussurros de seu gênio demoníaco”, os médicos se recusaram a fazer a operação.

Várias são as teorias de sua morte, algumas falam em veneno e outras falam de uma “bala entre os olhos de sua outra face”. Porém em ambas as versões Edward deixa uma carta, na qual pede para que sua “cara de um demônio” seja destruída antes que ele seja sepultado, pois acreditava que somente desta forma não ouviria os “sussuros em seu túmulo”.

Adaptado de citeofdeath

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo
<-- /home/edenilson/web/minilua.com/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/edward-mordrake-homem-das-duas-faces/index.html //-->