Edinson Cavani enfrenta investigação da FA após ser acusado de usar termo “racista” nas redes sociais

ANÚNCIO

Edinson Cavani está enfrentando uma investigação da FA e uma possível proibição depois de ser acusado de usar um termo racista nas redes sociais.

A Football Association confirmou ao Mirror Sport que está ciente da postagem, está investigando e agora pedirá a Cavani que explique o comentário feito no Instagram.

ANÚNCIO

Cavani, 33, escreveu “Gracias, negrito” em uma conversa com um torcedor depois de marcar duas vezes – incluindo uma vitória dramática no final do jogo – na última vitória do Manchester United em Southampton.

Jogador pode ser banido por 3 jogos

A FA tem um código rígido sobre racismo e, de acordo com as diretrizes mais recentes, Cavani pode ser banido por três jogos.

Edinson Cavani enfrenta investigação da FA após ser acusado de usar termo "racista" nas redes sociais
Foto: (reprodução/internet)

Entende-se que Cavani acreditava estar usando o termo de maneira amigável, é uma frase comum na América do Sul e já foi informado da diferença de interpretação na Inglaterra.

ANÚNCIO

Ele já excluiu a postagem.

Mas Luis Suarez usou um termo semelhante na infame briga com Patrice Evra, que levou o ex-atacante do Liverpool a ser suspenso por oito jogos.

O Manchester United ainda não comentou, mas o Mirror Sport entrou em contato com o clube.

Casos semelhantes também tiveram punição

Houve uma série de casos recentes que sugeririam que Cavani seria punido.

Edinson Cavani enfrenta investigação da FA após ser acusado de usar termo "racista" nas redes sociais
Foto: (reprodução/internet)

Bernardo Silva, astro do Manchester City, foi banido por uma partida por postar – e apagar rapidamente – a foto de um personagem usado em uma marca de chocolate.

Dele Alli também foi banido por um jogo por causa de uma piada nas redes sociais sobre o coronavírus.

A postagem de Cavani causou um retrocesso nas redes sociais.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fonte: Mirror

ANÚNCIO