Início Utilidade Pública

Veja como economizar dinheiro na faculdade em 7 passos

Na vida de muita gente, passar em um vestibular é um grande passo para conseguir ser um profissional qualificado, conseguir o empregou ou simplesmente se qualificar. No entanto, isso envolve custos. Por isso, vamos falar sobre como economizar dinheiro na faculdade.

Até mesmo porque você ganhou apenas a primeira batalha em busca de um futuro brilhante – que foi a de entrar na faculdade. Entretanto, muitos outros desafios irão surgir a partir de agora. Entre eles, gastar menos do que se deve para manter um orçamento positivo.

Inclusive, para muita gente isso ainda inclui uma mudança de cidade ou o pagamento do transporte para chegar a faculdade. Tem ainda as famosas cópias de documentos, a alimentação durante o intervalo das aulas e muito mais.

Os 7 passos para economizar dinheiro

Pensando em ajudar os novos estudantes ou até mesmo aqueles mais experientes que sofrem com a questão financeira, a nossa equipe preparou uma lista com algumas dicas muito importantes nessa etapa da vida. Confira e considere isso a partir de agora.

1 – Organize os gastos que você tem

A primeira coisa que você precisa fazer é organizar quais serão as suas despesas novas quando as aulas começaram. Faça isso logo no primeiro mês, mesmo que isso pode ser mais complicado. Afinal, só depois você vai saber exatamente quanto irá gastar.

Porém, ter esse “protótipo” é importante, inclusive, para você ver como esses pequenos gastos diários fazem a diferença no seu orçamento. Inclusive, algumas despesas já serão possíveis identificar desde o início, como mensalidades e gastos com transporte.

Durante o restante do mês, anote todos os seus outros gastos e coloque em uma planilha. É muito importante fazer esse controle diário ou semanal. Na maioria dos casos, você vai ver que será preciso readequar os gastos. E esse é ponto do próximo tópico.

2 – Elimine os gastos sem necessidade

Para muitas pessoas, ir para uma faculdade é a primeira oportunidade para morar sozinho ou longe dos pais. Com isso, é muito normal que acabe se deparando com gastos que não são tão necessários assim. Só que isso você vai descobrir apenas com a prática e o dia a dia.

Mas, como você tem a sua planilha financeira feita será mais fácil identificar esses desperdícios – por isso, o tópico acima é tão importante, viu. Afinal, sabemos que nessa fase da vida é saudável sair com os amigos e ter alguns gastos com o lazer.

Porém, sempre vão existir opções mais baratas, como reunir a galera em casa e cada um comprar a sua bebida ou fazer aquele gostoso cinema em casa também. Essa é outra das dicas para economizar dinheiro na faculdade e durante essa fase da vida.

3 – Saiba gastar com a alimentação

Entre os seus gastos da faculdade que são mais importantes, a alimentação deve ser uma das prioridades. Inclusive, isso pesa tanto pela sua saúde quanto pelos preços que representam, pois certamente será um dos seus maiores gastos.

Um erro grave que acontece com novos universitários é comer todo dia em um restaurante por ter preguiça de cozinhar ou nem saber preparar uma refeição. Isso porque fazer sua própria comida é uma das melhores formas de economizar dinheiro na vida.

A dica é considerar que você pode cozinhar uma quantidade maior em alguns dias da semana, congelar e tirar somente aquilo que for consumir. Outra opção é o famoso bandeijão ou RU (Restaurante Universitário) que oferecem boas comidas a um preço acessível.

4 – Os cuidados com as cópias e o material didático

Definitivamente, você não tem como fugir desse gasto. Em algum momento do seu curso, o seu professor irá pedir material didático para disponibilizar matéria ou vai pedir aquele monte de cópias de livros, de trechos, de discursos.

De modo geral, serão livros, apostilas e outros materiais didáticos e sabemos que isso é bem caro. Logo, vai consumir uma grande parte do seu orçamento. Por isso, uma sugestão é procurar sebos, bibliotecas e pedir material emprestado para colegas ou veteranos.

Sobre as cópias, uma boa ideia é você reunir vários alunos da mesma sala e fazer cópias de uma só vez. Geralmente, as copiadoras ou as papelarias costumam dar bons descontos nesses casos.

5 – Análise se o cartão de crédito não é um vilão

Mais um dos grandes vilões do universitário é o cartão de crédito. Por isso, temos aqui outro dos passos importantes para quem quer economizar dinheiro na faculdade.

Inclusive, a praticidade de não precisar de dinheiro na hora das compras junto com a pouca experiência em finanças faz com que os universitários tenham grandes problemas com os seus boletos no fim do mês. O cartão é uma extensão do salário e você terá que pagar depois.

Então, que fique claro que não somos contra o uso do cartão, pois ele é uma ferramenta de muita segurança e facilita bastante na hora de pagar as contas. Por outro lado, o uso indiscriminado do mesmo precisa ser evitado.

6 – Observe e aproveite os descontos para estudantes

Uma das grandes vantagens de ser universitário é ter a carteirinha de estudante que dá acesso a cinema, shows, jogos, programas culturais, zoológicos a preços mais acessíveis que para o restante da população – e até desconto na compra de alguns produtos.

Sempre que puder utilize sua carteirinha, saiba que é um direito seu conquistado e não tem limite de uso. Agora, tome cuidado para não querer ir em todos os shows ou eventos que existem porque mesmo pagando meia-entrada isso pode prejudicar seu orçamento.

7 – Sempre mantenha os pés no chão

Por último, saiba que ao ingressar na faculdade você entrará em contato com muitas pessoas que tenham pensamentos e classes sociais diferentes dos seus. Mas, nem por isso deverá se comparar com qualquer um.

A dica final é: gaste seu dinheiro com saberia, nunca para impressionar alguém ou para poder entrar em grupinhos. Aliás, não seja compulsivo: compre apenas aquilo que esteja ao seu alcance, o maior valor que levará dos estudos é o conhecimento, então, foque nisso.

Bônus – os cursos extracurriculares

Esse tópico está aqui porque não vai servir para todo mundo. No entanto, algumas faculdades costumam exigir os cursos extracurriculares. Se isso acontecer onde você estuda, saiba que você tem a opção de buscar cursos gratuitos ao invés dos pagos. Na internet, há essas opções.