Dragão de Komodo fêmea tem três bebês sem participação de nenhum macho

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Uma dragão Komodo deu à luz sem nenhum envolvimento de um macho em uma ocorrência rara em um zoológico nos EUA.

Dragão de Komodo fêmea tem três bebês sem participação de nenhum macho

O Zoológico de Chattanooga, no Tennessee, compartilhou orgulhosamente a notícia de que uma de suas dragões Komodo esperava três filhotes no ano passado. No entanto, o zoológico descobriu que a fêmea – chamada Charlie – criou os bebês através de um processo chamado partenogênese.

O zoológico realizou testes de DNA em animais jovens para determinar se eles eram descendentes de um dragão Komodo masculino, chamado Kadal, ou se eram produtos da partenogênese, o que acabou sendo o caso.

Um especialista do zoológico explicou que as fêmeas de dragões de Komodo carregam cromossomos sexuais de WZ com machos carregando ZZ.

Em uma declaração, o zoológico explicou: “Quando ocorre partenogênese, a mãe só pode criar ovos WW ou ZZ. Ovos com os cromossomos sexuais de WW não são viáveis, deixando apenas ovos ZZ para produzir todos os filhotes machos”.

Dragão de Komodo fêmea tem três bebês sem participação de nenhum macho

Partenogênese é extremamente rara, com o primeiro caso registrado em dragões de Komodo ocorrendo em 2006.

Em um post no Instagram, o zoológico acrescentou: “Na natureza, os dragões de Komodo vivem principalmente isolados e freqüentemente se tornam violentos quando abordados, o que permitiu que esses animais evoluíssem para se reproduzir sexualmente e partenogeneticamente”.

O zoológico colocou Charlie e Kadal juntos na esperança de que eles se reproduzissem, mas acontece que Charlie não precisava da ajuda de um dragão macho e decidiu procriar sozinha.

Os três filhotes machos, chamados Onyx, Jasper e Flint, agora têm seis meses – o zoológico diz que eles estão “crescendo rapidamente e indo bem”.

Dardenelle Long, CEO e presidente do Zoológico de Chattanooga, disse: “Nossa equipe está emocionada por desempenhar um papel e ser capaz de testemunhar essa ocorrência verdadeiramente milagrosa.

Como o dragão de Komodo é listado como vulnerável à extinção, esses filhotes são ainda mais especiais e representam um futuro brilhante para suas espécies “.

Embora pareçam bem fofos agora, os dragões Komodo, uma vez totalmente crescidos, podem pesar 91 kg e medir 2,6m.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ladbible