Difícil de acreditar #2

Existem muitas histórias extraordinárias contadas por aí, que muitas pessoas acreditam, mesmo sem haver nenhuma prova. Porém, existem muitas histórias e fatos surpreendente que, ao contrário das lendas, possuem bases científicas e nos deixam igualmente de queixo caído:




O poder do cabelo

woman-with-beautiful-hair

O cabelo humano é incrível, ele cresce em média 1 centímetro por mês, mas como são tantos fios, uma pessoa chega a gerar 10 quilômetros de fio ao ano.

Um único fio de cabelo não possui uma resistência muito grande, suportando um peso médio de no máximo 100 gramas, porém a cabeça humana tem mais de 150 mil fios. Isso faz com que o cabelo total de uma pessoa, se usado como uma corda, possa sustentar 12 toneladas! Isso dá o peso de dois elefantes grandes.




Papel

sshot50f42b3a41c5f

Se pegarmos uma folha de papel e dobrarmos ela 42 vezes. Até que altura você acha que ela vai chegar? Provavelmente você deve estar pensando em alguns centímetros no melhor dos casos, mas a coisa é muito mais incrível do que isso.

O problema de ir dobrando uma folha é que seu tamanho cresce de maneira exponencial, ou seja, dobra a cada vez. Inicialmente temos apenas a altura de uma folha, na dobrada seguinte temos duas, depois quatro, na seguinte oito e na outra dezesseis, depois trinta e duas e assim vai: 64, 128, 256, 512, 1024, 2048. Quando a folha tiver sido dobrada 30 vezes, teremos 1073741824 vezes a grossura dela. Caso a folha tivesse 1 milímetro de altura, isso daria mais de um milhão de metros!

Para que uma folha de 1 mm chegue até a Lua, só precisamos dobrar ela 42 vezes. Na 41ª vez, ela terá a metade da distância entre nosso planeta e seu satélite natural, completando o caminho com apenas mais uma dobrada, pois, como foi dito, cada nova dobra faz a folha ficar com o dobro da altura passada.

O problema com esse crescimento é que a força necessária para dobrar a folha cresce de maneira exponencial também, tornando quase impossível que uma pessoa dobre uma folha mais de 8 ou 9 vezes.




Tatuagens elétricas

3174

Se você nunca quis se tatuar, melhor torcer para que um raio nunca caia em sua cabeça.

As cargas elétricas, quando atingem alguns materiais, costumam se separar em ramos, de maneira semelhante a essa imagem:

electrical-discharge-lichtenberg-figure-ted-kinsman

Esse caminho feio pela eletricidade deixa rastros, que podem marcar materiais dos mais variados tipos e isso inclui humanos. Quando alguém é atingido por um raio, sua pele costuma mostrar marcas semelhantes a encontradas em outros materiais. Deixando uma tatuagem para lá de diferente:

tumblr_lsnm33apsT1qjcf0do1_r1_400




tumblr_ma9r9kb80h1r8vrhxo1_1280




Poder de computação

apple-iphone-3gs-01

Antigamente, ainda nos primórdios da Era da Computação, os computadores eram máquinas lentas, caras e grandes. Porém, todo esse trabalho e dinheiro investido não representava poder de processamento. A coisa era tão precária no passado, que a NASA, com todo seu poder e dinheiro, tinha, em 1969, um poder computacional similar a apenas um iPhone da Apple, que foi lançado em 2007. Hoje em dia alguns celulares possuem centenas de milhares de vezes a capacidade computacional que a NASA tinha quando enviou o homem a Lua.

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo