Início Curiosidades

Descubra os 7 principais deuses nórdicos que todo mundo deveria conhecer

O mais engraçado de tudo é que os vikings não deixaram muito história do ponto de vista dos livros sagrados. No entanto, a história deles é tão incrível como a de outras civilizações. E isso passa também pelos deuses nórdicos, que começaram a ser contados no século 13.

Isso porque há dois livros que contam dessa história. O primeiro é o Edda Poética, que não tem autor conhecido. O outro é Edda em Prosa, que é de Snorri Sturluson. A partir desses livros é que começaram as narrativas sobre o império viking, como nas séries da Netflix.

No entanto, hoje o nosso foco está totalmente nos deuses. Sim, os vikings possuem vários deuses. Inclusive, você já deve ter ouvido falar da maioria deles, como é o caso de Thor ou de Odin, que são os maiorais. Bom, vamos por partes: conheça os principais deuses nórdicos.

Os deuses nórdicos

Aliás, antes de a gente começar tem uma coisa que precisamos pontuar aqui. Havia dois grupos de deuses. O aesir era do Odin, cheio de guerreiros de Asgard. Já os vanir viviam em Vanheim e não eram da guerra.

E sem falar dos deuses, ao menos por um instante, saiba que existiam também os anões, duendes, elfos, valquírias, gigantes. Mas, como a gente sabe e já falou antes: hoje é dia de falar dos deuses e nada melhor do que começar com o mais conhecido deles, o Thor.

1 – Thor

Sim, o Thor é esse mesmo que você está pensando do martelo mágico que aparece sempre nos filmes da Marvel, como em Os Vingadores. De fato, é um dos deuses mais poderosos do povo viking. É filho de Odin e tem como principal inimiga a serpente Jormungand, filha de Loki.

Ah, sobre o martelo, ele é chamado de Mjolnir, sendo muito pesado e só pode ser empunhado por Thor, sendo hoje símbolo de força e amuleto dos grandes guerreiros vikings.

2 – Odin

Foto: (reprodução/internet)

Odin é o criador do Universo e quem chefiava todo clã dos guerreiros vikings. No entanto, ele tinha superpoderes, como a vidência. A história conta que ele deu um dos seus olhos em troca de poder para ver o passado e prever o futuro, inclusive, alterando o destino dos homens.

Foi quem criou as runas (alfabeto da Escandinávia). O que mais importa de saber sobre o Odin é que ele é como Deus para os cristãos, sendo chamado para todo caso, em partos, para chuvas, etc. O que muda é que ele não é de todo bom, sendo totalmente ambivalente.

Além de Thor, Odin tem outros filhos, sendo: Balder, Hermond e Hoder.

3 – Balder

De todos os outros filhos de Odin, exceto Thor, Balder é o que mais ganhou destaque. Por isso, aparece aqui como um dos deuses nórdicos que precisa ser lembrado. Ele é filho de Frigg também, sendo considerado o mais puro e belo dos deuses que existem.

É aquele que amava tudo e todos, assim como também era amado por todos, exceto por Loki. Balder morre quando Loki cria um concurso de arremessos contra o belo. Loki “ludibria” Hoder, irmão de Balder, que acerta uma flecha direto no coração do irmão.

4 – Loki

Loki é também um dos deuses mais importantes de toda mitologia nórdica. Inclusive, para muitos, está bem ao lado do Thor no grau de importância. Afinal, ele é filho de gigantes e ganhou prestígio por se tornar irmão de Odin (em um ritual de sangue).

Porém, ele era do mal e assassinou o gigante Angerboda. Na floresta, domou monstros como o lobo Fenir, a serpente Jormungand e Hel, que é a deusa da morte.

5 – Frey

O próximo deus nórdico que temos aqui é Frey, associado a fertilidade e à agricultura. Por isso, ele era visto como “bem-dotado”, o que acabou por escandalizar cristãos que chegaram à Escandinávia. Frey se apaixona por Gerd e dá a sua espada em troca da mão da amada.

Logo, Odin fica furioso e assim começou a primeira guerra no mundo.

6 – Tyr

Esse é o deus do combate, da coragem, da guerra. Logo, é considerado como um dos patronos da justiça. Conforme a história é filho de Hymir, o gigante. Um dos pontos mais legais é quando Loki diz que Tyr apena incita as lutas, mas não sabe resolver problemas.

Assim, em um dos contos, ele provou a coragem sendo o único a se oferecer para alimentar o lobo Fenrir. E a coragem era tanta que ele colocou a mão nos maxilares do lobo, alimentando-o enquanto os outros deuses o prendia. Logo, o lobo arrancou a sua mão direita.

Curiosamente, é um deus dos menos conhecidos, mas muito importante devido ao seu poder. A coragem é inspiradora para todo povo viking, sendo um homem que se sacrificou pelo bem de todos e sem hesitar. A morte aconteceu em Rangnarok, morto por Garm, o cão de Hel.

7 – Njord

Foto: (reprodução/internet)

O último deus que vamos citar aqui é Njord, sendo considerado também como deus da fertilidade, do comércio, da paz. Ele é o protetor de quem navega pelo mar, como pescadores e caçadores. É pai dos gêmeos Freya e Freyr, fruto de uma relação com a irmã Nerthus.

O casamento com a irmã não foi possível e ele se casou com Skadi, uma gigante. Sendo que ele foi escolhido pelos belos pés. Porém, eles não concordavam sobre onde morar. Assim, passaram a viver por si mesmos.

As deusas nórdicas

Seria um dos piores erros citar todos esses deuses nórdicos e deixar de falar das deusas, que também possuem papel importante em toda a história viking. Portanto, vamos falar aqui dos principais nomes que aparecem nos livros e, agora, também nas séries.

Frigg é quem tinha relação aberta com Odin, mesmo vivendo em casas separadas. Ela era conhecida como uma das protetoras das mulheres e dos casamentos. A deusa do amor teve 3 filhos com Odin, que já contamos acima. E tinha outros enteados também.

Sif é a mulher de Thor, que tinha cabelos loiros e estava ligada aos campos de trigo. Era mãe de Thrud e Ullr. Mas, só Thrud era filho de Thor. Ela teve os cabelos cortados por Loki. Só que descoberto, Loki mandou fazer madeixas banhada a ouro para ela.

Os vikings usavam capacetes com chifres?

Freya é a irmã gêmea de Frey é conhecida como deusa da sexualidade. Ela é uma feiticeira, chamada também de garota de programa dos deuses. É praticamente uma Afrodite Nórdica. Sempre usava casaco de pele e ostenta o colar de Brisingamen. É a mãe das Valquírias.

Hel também tem papel importante na história viking. É a filha de Loki com Angerboda. A metade do rosto dela é normal, mas a outra parte é decomposto, como cadáver. Assim, é a guardião do Hel, o mundo dos mortos.

Curiosidade – os personagens da série Vikings existiram?

Você viu acima os principais deuses nórdicos, certo? No entanto, se você buscava alguma relação com a série Vikings, da Netflix, pode ser que tenha ficado frustrado. Afinal, será que esses personagens realmente existiram na história?

A verdade é que alguns deles existiram sim. A gente foi atrás dos principais deles. Só que leve em conta que não estamos falando apenas de deuses, mas também de guerreiros e meros mortais, está bem?

Ragnar Lothbrok, o personagem central da série, foi um lendário herói viking. Ele é lembrado até hoje como um dos principais vikings de toda a história. Nos contos originais, ele se casou 3 vezes e não apenas 2 como conta na série.

Lagertha acabou sendo uma das principais personagens de Vikings também. Muito querida pelo público feminino, ela é uma representação da mulher que lutava entre homens. Ela realmente se casou com Ragnar e teve o filho Bjorn. Ragnar matou um lobo e um cão para pedir a mão da guerreira em casamento.

Rollo é o irmão mais novo de Ragnar, que mais para frente se torna um nobre francês. Conforme o que conta a história, Ele foi o primeiro Duque de Normandia, sendo sucedido pelo filho William Longsword.

Aslaug também existiu na história como na série. Porém, com uma pequena diferença: ela foi a 3ª mulher de Ragnar. Assim, o que há de semelhante ainda é o fato dela ser dotada de grande beleza e possuir 4 filhos com o rei dos vikings.

Bjorn Ironside é o filho de Ragnar com Lagertha e um dos únicos que consegue manter o legado do pai. Assim, se torna um grande governante, resinando na Suécia e sendo o fundador da dinastia Munso.

10 guerreiros viking mais sanguinários

Ivar é chamado de desossado devido a sua capacidade física. Conforme os historiadores, ele é Ivor, um dos principais líderes de todos os tempos dos povos vikings. Ficou no comando do Grande Exército Pagão e realmente era um guerreiro violento e impiedoso.

Sigurd é outro dos filhos de Ragnar, sendo assassinado por Ivar. Ao menos é o que o conta a série. Na verdade, o que se sabe é que ele foi um conquistador viking conhecido por comandar as expedições na Escócia e nas ilhas inglesas.

Ubbe é outro dos filhos de Ragnar. Na visão mais histórica, o nome original era Ubba e ele é descrito como guerreiro formidável, sendo o comandante de uma das partes do Grande Exército Pagão.

E você sabia que esses personagens realmente existiram?