O deserto do Saara vai virar uma floresta

A Terra não é estática, muito menos seu clima, que varia por diversos motivos. A variação é tão grande que, em poucos milhares de anos, um deserto pode virar uma floresta:




Ciclos de Milankovitch

Milankovitch_Cycles

A Terra e o Sol fazem uma grande dança pelo céu, mas esse balé, as vezes, acaba sendo afetado pelos outros grandes planetas que vivem aqui perto: Júpiter e Saturno. Essa influência faz com que a volta que damos em torno do Sol não seja um círculo perfeito, mas sim uma elipse que varia de tamanho e forma, dependendo da situação.

Essas complexas interações gravitacionais não afetam apenas nossa órbita, mas também o jeito com que a Terra fica no espaço. A cada 41 mil anos, nosso eixo se inclina de maneira diferente, indo de 22 graus para 24,5 graus. Essa pequena variação no ângulo de nosso eixo pode parecer algo inofensivo, porém tem grandes consequências.




O deserto vira floresta

saara-no-mapa

Há 10 mil anos, o Saara era ainda maior do que é hoje em dia, devido a última era glacial. Contudo, o derretimento do gelo deu uma nova vida ao lugar que, ao sul, ganhou mais vegetação. Mas há 6200 anos, o Saara voltou a perder vegetação, se tornando em um deserto semelhante ao atual.

Essas mudanças mais sutis ocorrem devido a fenômenos da Terra e suas mudanças climáticas, porém a coisa fica realmente grande quando a inclinação do planeta muda.

Atualmente, a Terra está no meio desse ciclo de mudança de inclinação, por isso o deserto está totalmente seco e morto, mas daqui há 15 mil anos, o deserto vai voltar ao que era há 100 mil anos: Uma floresta gigantesca. 

Mas não é só isso. Essa mudança na inclinação da Terra muda todo o clima do planeta de maneira drástica, podendo criar uma grande era do gelo ou um calor ainda maior do que o atual. 

Sorte nossa ter nascido em uma época de calmarias como essa.

Reaja! Comente!
    Topo