PROPAGANDA
PROPAGANDA

Inacreditável: o estranho desenho desse menino ajudou a encontrar o homem que rondava sua escola

PROPAGANDA

PROPAGANDA

Talvez alguns não tenham a capacidade de ser um grande artista, mas suas tentativas podem ser suficientes para evitar uma tragédia, como roubar uma escola ou, pior ainda, sequestrar uma criança.

Ryan Cook é aluno nota 10 e frequenta a escola primária em Lemington, Newcastle, e uma vez ele foi abordado por um rapaz perto da escola, embora ele não soubesse a intenção deste homem, mas esse desconhecido estava entrando na escola.Inacreditável: o estranho desenho desse menino ajudou a encontrar o homem que rondava sua escola

Ryan contou a seus pais sobre o acontecimento, então sua mãe decidiu ligar para a polícia e informá-los, e os policiais pediram ao garoto que fizesse uma foto do suspeito para ajudá-los a encontrá-lo.

Ele fez um desenho e deu alguns esclarecimentos sobre a aparência do homem,  disse que era careca e sem barba, calças, sapatos e um casaco.Para a polícia foi dada a tarefa de realização de pesquisas de suspeitos correspondentes ao desenho e a descrição feita pelo menino.

A polícia local confirmou que a descrição coincidia com um homem que queria entrar na escola, mas não por razões obscuras, mas porque era um oficial que estava visitando as instalações, então tudo terminou bem. Aqui está o desenho de Ryan:

Inacreditável: o estranho desenho desse menino ajudou a encontrar o homem que rondava sua escola

O reconhecimento também foi feito pela polícia, que a partir desse desenho conseguiu realizar uma investigação completa que finalmente devolveu a calma aos membros da comunidade escolar.

O Departamento de Polícia da Cidade agradeceu a Ryan por seu apoio, e Ashley Palmer, um sargento desta corporação, disse nas redes sociais:

“É um grande prazer poder apresentar Ryan, com um reconhecimento pelo excelente trabalho de detetive na semana passada. Ele fez a coisa certa, relatando suas preocupações para seus professores e pais, e mostrou grande maturidade para perceber o que ele considerava como comportamento suspeito.”

“Quando seus pais entraram em contato com a polícia, perguntamos se ele poderia fazer um desenho do suspeito, e ele ficou mais do que feliz em fazer todo o possível para nos ajudar.”

Graças à colaboração de Ryan e da polícia, tudo terminou da melhor maneira, então você sabe, se algo lhe parecer suspeito, fale com seus pais imediatamente.