12 fatos curiosos sobre os vampiros


Os vampiros são criaturas fictícias que figuram no folclore de várias partes do mundo desde o início do século XVIII. Com o passar do tempo, os vampiros se tornaram personagens populares na literatura e até mesmo nos filmes, graças principalmente a nomes como Nosferatu e Drácula. Ao longo desse post, você vai conferir algumas curiosidades interessantes sobre essas criaturas. Por isso, pegue a sua capa, prepare os seus dentes caninos e vamos à leitura.

1. O nome “vampiro” é derivado da língua albanesa e significa “beber com dentes”.

2. As lendas de vampiros podem ter sido baseadas na vida de Vlad de Valáquia, também conhecido como Vlad, o Empalador (1431-1476). Ele tinha o hábito de cravar chapéus nas cabeças das pessoas, esfolá-las e empalá-las em estacas. Ele supostamente também gostava de mergulhar o pão no sangue de seus inimigos antes de comê-lo. Credo!

12 fatos curiosos sobre os vampiros

3. Uma doença rara chamada porfiria causa sintomas semelhantes às características dos vampiros, como uma extrema sensibilidade à luz solar. Em casos extremos, os dentes também podem ficar manchados de marrom avermelhado.

4. Uma das mais famosas “vampiras de verdade” foi a condessa Elizabeth Bathory (1560-1614), que foi acusada de morder garotas enquanto as torturava e tomava banho em seu sangue para supostamente manter a sua beleza juvenil. Curiosamente, ela era considerada pelos homens da época uma mulher “muito atraente”.

5. Os distúrbios médicos documentados que as pessoas que já foram acusadas no passado de serem vampiros podem incluir o “vampirismo real”, que é uma sede sexual por sangue e a “hemeralopia”, que é o termo usado para descrever a cegueira diurna.

6. O ator húngaro Béla Lugosi, famoso por interpretar o Conde Drácula nos cinemas, foi enterrado em seu traje de Drácula completo, incluindo a capa.

12 fatos curiosos sobre os vampiros

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.