Minilua

Curiosidades sobre o ronco

As perguntas mais comuns o assunto são:

Dá onde surge o “ronco”?

E por que isso ocorre?

Uma das mais polêmicas questões que relacionada ao sono, é indubitavelmente o ato de roncar. Afinal quem não conhece alguém que ronque e também alguém que reclama desse distúrbio que segundo pesquisas, abrange 30% da população adulta.

O ronco na realidade é proveniente do relaxamento muscular que sofremos em nosso corpo quando repousamos, com isso a passagem de ar fica menor, fazendo com que o ar emitido pelo nosso sistema respiratório se comprima gerando uma vibração na laringe originando então o ruído conhecido por todos nós como ronco.

O tipo de ronco varia de pessoa para pessoa, variando na intensidade que o ruído possa gerar.

O perigo mesmo está em quando ao dormirmos, ficarmos alguns segundos sem respirar, esse fenômeno é chamado de apnéia, que leva o indivíduo a sofrer enfartes podendo eclodir em sua morte.

Pessoas com sobrepeso tendem a roncar com maior intensidade que as outras, sobretudo pela concentração maior de gordura, o que gera uma flacidez do tônus muscular.

O incômodo barulho também pode afetar pessoas com obstruções das vias respiratórias, e pessoas com adenóide desenvolvida.