12 curiosidades interessantes sobre o girassol

ANÚNCIO

ANÚNCIO

O girassol é uma daquelas plantas que conseguem evocar um sentimento de positividade, muito por conta das suas grandes flores amarelas. Além de um visual deslumbrante, essa planta fornece lanches saudáveis, um óleo extremamente útil e sementes ricas em nutrientes que são aproveitadas até pelos pássaros. Confira 12 fatos curiosos sobre o girassol que vão expandir o seu conhecimento botânico.

1. O girassol é nativo da América do Norte, sendo cultivado desde meados de 3000 aC, quando era usado na produção de alimentos, remédios, corantes e óleos. Posteriormente, a planta foi exportada para o resto do mundo pelos conquistadores espanhóis por volta de 1500.

2. O czar Pedro I da Rússia ficou tão fascinado com os girassóis que viu durante uma viagem para a Holanda que resolveu levar algumas para o seu país. Lá, essas flores se tornaram populares quando as pessoas descobriram que o óleo das suas sementes não era proibido durante a Quaresma, ao contrário dos outros óleos que a Igreja Ortodoxa Russa abominava o uso nessa época do ano.

3. O recorde mundial do girassol mais alto do mundo foi estabelecido em 2014. A planta com uma altura de mais de 8 metros foi cultivada por Hans-Peter Schiffer, na Alemanha.

12 curiosidades interessantes sobre o girassol

4. O girassol não apenas se parece com o sol, como também precisa muito dos raios solares. Essa flor cresce a um ritmo ainda mais rápido caso consiga obter obter pelo menos oito horas de luz solar por dia.

5. Os girassóis aprestam um comportamento chamado “heliotropismo”, que por sua vez faz com que eles se inclinem em direção ao sol.

6. Nem todos os girassóis são amarelos. Existem mais de 60 variedades de girassóis ao redor do mundo, sendo que algumas dessas variedades apresentam pétalas listradas ou com tonalidades de marrom e laranja.

12 curiosidades interessantes sobre o girassol

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.