Esses são os piores criminosos de guerra de ‘Game of thrones’ de acordo com a Cruz Vermelha

ANÚNCIO

ANÚNCIO

A Mãe dos Dragões é seguida pelo pai de Ramsay, Roose (que cometeu oito crimes) e pelo Rei da Noite, os filhos da harpia e Jon Snow, com seis crimes cada. 

O rei do norte acumulou quatro crimes, incluindo o emprego de crianças-soldado e o tratamento desumano.

Joffrey Baratheon apenas violou as leis três vezes, o mesmo que sua mãe, Cersei. Especialistas da Cruz Vermelha observaram que o ato mais infame de Cersei, matando centenas de pessoas ao explodir o Grande Septo de Baelor, estava fora do escopo do conflito armado, por isso não foi considerado um crime de guerra.

Resultado de imagem para joffrey baratheon

Deve-se notar que mesmo Robb Stark, que cometeu apenas o crime de tomar reféns, está presente na lista.

Além desses caracteres, a lista também aparecem, entre outros, Tywin e Tyrion Lannister (ambos com quatro violações da lei militar), Khal Drogo (3), Jaime Lannister, Sansa, Catelyn e Arya Stark (2) e Stannis Baratheon e Brienne de Tarth (1).

No total, disseram especialistas durante as sete temporadas de ‘Game of Thrones’ as leis da guerra foram violadas em 103 casos.