Minilua

Costumes de uma época – As piores lembranças do ano novo

E sim, a cada semana, você confere os mais diferentes costumes. Com vocês, mais alguns interessantes, veja só:

Costumes de uma época- As piores lembranças do ano novo

1- Ser lembrado que está tarde, e que é preciso dormir: Pois é, e em dias normais, eu até concordo né? De repente, pela escola, trabalho, faculdade… Ainda sim, ninguém merece esse tipo de coisa.

2- Dar e receber abraços sem estar com vontade: “Nossa, querida, quanto tempo!” “Ah vem cá, me dá um abraço.” Um mês depois, e a pessoa já está falando mal de você.

3- Ser obrigado a passar o Réveillon na praia: É, e nessas horas, eu penso: o que leva uma mãe a fazer isso. Em outras palavras, só pensam na água, literalmente!!

4- Usar roupa branca forçado: E que atire a primeira pedra, quem nunca passou por isso, não é mesmo? “Não, você não vai passar de preto”. “Não! vá já tirar essa roupa”.

5- Pular as sete ondas só pra dizer que pulou: É, e sinceramente falando, até hoje eu nao entendo o contexto. Tá, se mudasse alguma coisa né, mas não!

6- Ficar preso na estrada: E olha, uma, duas ou três, ainda vai né? Agora, 07 ou 08… Não, definitivamente não.

7- Dormir, e perder a queima de fogos: “Ah mãe, não enche, vai, deixa eu dormir”. “Meu que saco, eu não quero ver fogos…”

8- Ser vítima de um arrastão: É, e hoje até que não, mas no passado, sim! Varias vezes acontecia, e o pior: nas mais diferentes cidades.

9- Ouvir os parentes reclamando: E sim, pensando bem, tem pessoas que não se cansam, realmente. Em outras palavras, passavam ano inteiro reclamando, ou melhor: dos vizinhos, parentes, políticos. Dos políticos então, nem se fala, os piores comentários, como sempre.

10- Ouvir as piores músicas durante a noite: É, e acredite, se hoje falamos em funk, antes era o Axé. Sim, se em dias normais, já era chato, o que dirá no Réveillon. E detalhe: a noite inteira na praia.

11- Ser acordado antes das 09h00: E não, por mais que tentemos, não há coisa mais irritante do que isso. Eu mesmo, acredite, só acordava depois do meio dia (risos).