Minilua

Costumes de uma época #34

303: Viajar com os pais: E sim, para muitos, uma das piores coisas que podia acontecer. Dentro do carro então, só os hits… Do axé, do pagode, do sertanejo… (risos)

304: Usar esmalte preto: Bom, que as garotas usavam isso todo mundo sabe. Agora, que os garotos também… Tenso!

305: Ter um tênis luminoso: Dentro das escolas, um dos itens mais valorizados. Sinômino, inclusive, de status e de popularidade.

306: Se fantasiar no Halloween: De fato, opções não faltavam. Do conhecido Corvo ao Fantasma da ópera.

307: Passar álcool no machucado: E por incrível que pareça, o procedimento dava certo. Doía um pouquinho, mas…

308: Comprar e vender cerol: Em suma, um dos atos mais perigosos. Mais do que isso, irresponsável ao extremo.

309: Torcer pelos bonzinhos: E acredite, nos desenhos animados, não faltavam exemplos: De Milu e Tintin, a Doug e Costelinha.

310: Marchar na escola: Sabe se lá porque, mais muitos incentivam a prática. O mico, evidentemente, total.

311: Comer queijo no intervalo: Já no recreio, um dos alimentos mais consumidos. No pãozinho quente, com uma “manteiguinha”, hummmmmmmm!

312: Decorar a casa no natal: Hoje nem tanto, mas no passado, diversas famílias faziam isso. Com elas, é claro, os famosos “piscas piscas”e papais noéis.