Minilua

Costumes de uma época #129

E sim, a cada semana, você confere os mais diferentes costumes. Com vocês, mais alguns interessantes, veja só:

1421: Urinar no muro da escola: E não, não pense que eu fazia isso. Aliás, não apenas no muro, como também, nas salas, no lixo, ou pior, no cantinho da quadra.

1422: Andar de ambulância pela primeira vez: É, e por mais estranho que seja, muitos desejavam. E olha, que não apenas de ambulância, mas sim, de carro, de moto, a cavalo. Sabe como é né? Crianças…

1423: Ser tratado como criança: E uma coisa, acredite, é você ser uma criança. Ou seja, com 7, 8, 9 anos de idade. Agora, se tratado como 01, com 12, 13, ou 14 anos… Haja paciência, não?

1424: Comprar um óculos colorido: E hoje, claro, é a coisa mais fácil do mundo. Ou melhor fácil, tranquilo, “moderno”. Já no passado, bem, uma das coisas mais difíceis, e o pior: cercada de vários preconceitos.

1425: Fazer luzes no cabelo: E sim, houve um tempo em que todo mundo fazia. Os homens, mulheres, adultos. E o mais curioso: com as mais curiosas colorações…

1426: Cantar “Erguei as mãos”: É, e pensando bem, quem não se lembra dessa música? O refrão então, um dos mais inesquecíveis: “Erguei as mãos, e dai glória a Deus. Erguei as mãos, e dai glória a Deus…”

1427: Fingir que foi roubado: E realmente, pra se andar de ônibus, se valia de tudo. De esquecer o RG, passando pelos roubos, e claro, pelos supostos assaltos.

1428: Usar uma blusa com capuz: E esta talvez, uma das peças mais utilizadas. Ou ainda, na escola, cursinho, faculdade…

1429: Terminar a amizade pela Internet: E olha, se é “frio” ou não, fica a critério de cada um. Eu, por exemplo, sempre busco conversar. Sabe, conversar, dialogar, entender o outro lado.

1430: Passar um Fax para uma empresa: E se no trabalho, já era dificil, o que dirá em casa. E um detalhe: com os mais variados códigos.

1431: Ser fã do Felipe Dylon: E acredite, com 12, 13 anos, todas garotas gostavam. E não só isso: conheciam todas as músicas.

1432: Gostar de Hanson e Spice Girls: É, e no caso dos Hanson, até hoje eu me pergunto o porque. Estão lembrados: “Mmmbop, ba duba dop. Ba du bop, ba duba dop…”

1433: Matar aula pra assistir futebol: E bem, se é certo ou errado, eu não sei. Mas que era uma “febre”… ah, isso com certeza! (risos).