Costumes de uma época #115

E abaixo, como sempre, você confere mais alguns interessantes. A todos, uma excelente diversão!

backgammon

1238: Aprender a jogar gamão: Pois é, e até hoje, eu não entendo esse jogo. Diga-se de passagem, se fosse dama, xadrez… De repente, um dominó… (risos)

1239: Se adaptar ao horário de verão: E olha, por mais que eu tentasse, eu nunca conseguia fazer isso. Quando muito, acordava 1 ou 2 horas antes!

1240: Tirar 0 em matemática: E sim, confesso que já aconteceu comigo. Uma coisa, claro, é gostar de frações, subtrações… Já outra, de trigonometria!

1241: Virar ou desvirar a sandália: É, e segundo consta, isso realmente acontecia. E o pior: evitando que as pessoas morressem, ou ficassem doentes.

1242: Imitar o Seu Madruga: “Quero ver, outra vez, seus olhinhos de noite serena”. “A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena”.

1243: Usar regata no verão: E até aí, tudo bem. Agora, com bermuda, e sandália havaiana? E detalhe: no ônibus, no metrô, no trem…

1244: Ouvir que a TV a cabo é coisa de rico: E realmente, todos falavam isso: Que era luxo, ostentação, que não valia a pena… Já hoje, o que seríamos sem ela?

1245: Andar sem roupa intima: E parece que não, mas isso acontece há muitos e muitos anos. Em alguns casos, sem a parte de cima e de baixo.

1246: Escrever o nome pela primeira vez: E confessa, quem já não passou por isso, não é mesmo? Melhor ainda, quando se consegue da primeira vez, e mais: sem a ajuda da professora!

1247: Chorar pela morte da bezerra: E no fundo, eu sempre pensava: tadinha da bezerra, o que aconteceu com ela?

1248: Brincar de passa o anel: E esta aqui, acredite, eu aprendi com a minha avó. Aliás, era tão divertido. Ficava horas e horas brincando…

1249: Ganhar um Poodle de presente: E hoje nem tanto, mas no passado…Sim, todo mundo tinha um Poodle! E o mais curioso: com vários pela casa!

1250: Comer pêssego em calda: É, e por mais estranho que seja, há quem o faça até hoje. O sabor, no caso, extremamente pitoresco.

Receba mais em seu e-mail
Topo