Costumes de uma época #19

153: Ser pego pelos pais: Se ao menos batessem na porta, mas não. Na pior das hipóteses, aliás, o constrangimento total, seja pela falta de roupa, ou ainda, pelo excesso de carinhos.

154: Furar uma fila: Poxa vida, tem pessoas que não sabem esperar. Dentro de um banco então, nem se fala…

155: Brincar de Stop: Um dos passatempos mais legais. Composto, por sua vez, pela tradicional caneta, e pela folha de caderno.

156: Chupar um geladinho: Na falta do sorvete, nada melhor que um geladinho. Seus sabores, um melhor que o outro.

157: Imitar um Pokémon: Com o sucesso do anime, diversas imitações eram feitas. As mais conhecidas, por sinal, focadas no Pikachu e no Jigglypuff.

158: Ficar pelado (a) em casa: Sem dúvida, uma das melhores sensações. Perto da piscina, tomando água de coco, hummmmmmmm…

159: Tomar banho de perfume: E cá entre nós, não são poucos os que fazem isso. Tais odores, por sinal, presentes nos ônibus, metrôs e trens.

160: Dirigir sem habilitação: Influenciados pelos pais, muitos jovens acabavam por dirigir sem habilitações. As consequências, como se sabe, terríveisssssssssssssssss!

161: Se irritar com a voz do Brasil: Impossível não se irritar. Seja por sua obrigatoriedade, ou por sua transmissão “arrastada”.

162: Mastigar com a boca aberta: Enfim, se via de tudo, alface, repolho, couve, arroz…

Receba mais em seu e-mail
Topo