Costumes de uma época #18

143 - Ficar preso em uma enchente: Trágico, muito trágico. A sensação de impotência então, ninguém merece!

144 - Se estressar com o Orkut: Desde a sua criação, inúmeras criticas. Do não carregamento de uma página ao famoso “Bad Server”.

145 - Usar a Internet discada: De fato, algo bastante complicado. Para baixar uma música, por exemplo, de 30 a 50 minutos.

146 - Fazer exame de sangue: Com ele, dois itens básicos: O copinho de leite e a tradicionais torradas.

147 - Comer bolinhos de chuva: No Brasil, uma das iguarias mais saborosas. Difundida no inverno, ela costumava agradar, em especial, as crianças e os adolescentes.

148 - Se rebelar contra a Globo: Nas grandes cidades, um dos fenômenos mais recorrentes. Contra a emissora, as alegações de monopólio, ou ainda, de cerceamento à informação.

149 - Colocar sal em uma lesma: Pobre lesminha, ficava toda enrolada. Detalhe: Sem ninguém para ajudar. (risos)

150 - Sentar no formigueiro: Bom, antes no formigueiro, do que em outro lugar. O único problema eram as picadas no traseiro, ou melhor, nas nádegas.

151 - Ser afogado na piscina: Um dos momentos mais chatos. Superado apenas, quando a pessoa perdia a sunga, ou ainda, o biquíni.

152 - Ir a uma benzedeira: Em um passado não muito distante, as chamadas benzedeiras se faziam presentes. Em suas casas, as mais diversas oferendas.

Receba mais em seu e-mail
Topo