Minilua

Costumes de uma época #16

124- Apanhar dos pais: Quando se é criança, tudo é motivo para apanhar. Do descumprimento de uma regra, passando por um mau comportamento. Detalhe: na pior das hipóteses, a utilização de sandálias, ou ainda, de cintas.

125- Comemorar um campeonato: Por um time do coração, cometemos os atos mais insanos. Entre os mais excêntricos, por sinal, a execução de hinos ou de mensagens temáticas.

126- Se viciar em danones: No mercado, uma variedade imensa. Entre os quais, os inigualáveis de chocolate e de morango.

 127- Aprender uma profissão: Pois é, se ainda fosse apenas a profissão, tudo bem, mas não.  Dependendo dos pais, a obrigatoriedade por uma carteira de motorista, ou da OAB.

128- Deixar de mascar chiclete: Com medo de manchar os dentes, muitos jovens deixavam de mascar chiclete. Em sua substituição, as tradicionais balas ou salgadinhos.

129- Ver desenhos nas nuvens: Até hoje, um dos passatempos mais divertidos. Entre as formas encontradas, as imagens de corações e de animais.

130- Fazer vaquinhas: Dentro das escolas, um dos hábitos mais legais. Seja para comprar um doce ou um álbum de figurinhas.

131- Se admirar com o pôr-do-sol: Sim, é possível se admirar com o pôr-do-sol. Em uma praia deserta então, perfeito.

132: Pegar catapora: Em suma, banhos, banhos e mais banhos. Nestes, aveia, aveia e mais aveia.

133: Se cortar com o gilete: Fazer o que né, se é preciso. Aliás, antes uma cara cortada, do que, por exemplo, a barba do Tiradentes ou do Bin Laden. (risos)

<-- /home/edenilson/web/minilua.com/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/costumes-de-uma-epoca-16/amp/index.html //-->