Costumes de uma época #15

114 - Se irritar com os Teletubbies. E quem não se irritava, não é mesmo? Pior que eles, só mesmo o Barney, ou ainda, a Dora do Discovery.

115 - Tirar a casquinha do machucado: E para tal, diferentes artifícios. Do cortador de unha, passando pela tesoura e estilete.

116 - Sentir medo do fim do mundo: Quando se é novo, tudo parece fazer sentido. Das palavras de um “profeta” aos avisos do Inri Cristo.

117 - Ficar em casa no carnaval: De fato, algo bem chato. Seja pelos desfiles na TV, ou pela gritaria dos vizinhos.

118 - Decorar as frases do Chaves: Ao longo dos anos, diferentes frases eram decoradas. Uma das mais conhecidas, por sinal, dizia o seguinte: “A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena”.

119 - Rir a ponto de fazer xixi: Pois é, quando a natureza chama, é melhor atender. Durante um ataque de riso então…

120 - Disfarçar a voz: Para fugir dos vendedores, se valia de tudo. Da imitação de um gago a de um alemão.

121 - Almoçar na casa da avó: Como era bom! Melhor ainda, quando ela servia bolos ou tortas de chocolate.

122 - Brincar com a meleca do nariz: Pode parecer nojento, mas muitos faziam isso. Aliás, não apenas com ela, como também, com a cera do ouvido.

123 - Adiar uma tarefa: “Tá bom, mãe, depois eu limpo a casa”. “Relaxa, pai, depois eu recolho o lixo”. (risos)

Receba mais em seu e-mail
Topo