Costumes de uma época #13

94 - Empinar uma pipa: Com o passatempo, diferentes locais eram escolhidos. De parques e praças, passando por lajes e ruas.

95 - Brincar de amarelinha: Sem dúvida, uma das atividades mais conhecidas. Praticada, inclusive, tanto pelos garotos como garotas.

96 - Jogar pingue-pongue: Para tal, a utilização de duas raquetes e de uma mesa. Não menos importante, a escolha do espaço, longe, por exemplo, dos vidros ou janelas.

97 - Ter um bambolê: Divertido, o objeto era composto por diversas cores. Do tradicional amarelo ao vermelho e preto.

98 - Sentir medo do dentista: Pois é, o pânico tomava conta. Seja por conta do famoso “motorzinho”, ou pela demora para ser atendido.

99 - Participar de um programa de TV: De fato, um verdadeiro mico. Pior que isso, aliás. só mesmo a sua audiência, ou melhor, o seu conteúdo.

100 - Se divertir com a tinta guache: Nas escolas, um dos itens mais utilizados. Superado apenas, pelas massinhas de modelagem ou pelas lantejoulas.

101 - Fazer “experiências” na cozinha: Quando se é novo, tudo é motivo para criar. Na cozinha então, os mais criativos experimentos.

102 - Desmontar os brinquedos: Nada sobrava, da boneca da irmã, ao carrinho do irmão. Ainda no contexto, o martelo do pai, ou as facas da mãe. 

103 - Se assustar com os filmes de terror: Em um passado não muito distante, os filmes de terror ainda assustavam. “Chucky”, por exemplo, fazia qualquer um tremer de medo.

Receba mais em seu e-mail
Topo