Coronavírus: nova máscara facial que mata vírus pode estar disponível em dezembro

ANÚNCIO

Embora as máscaras tenham sido raras, agora são obrigatórias em vários ambientes do mundo.

Agora, foi desenvolvida uma nova máscara antiviral que pode matar vírus, incluindo Covid-19 e influenza, mediante contato.

ANÚNCIO

A máscara, que foi desenvolvida por um cientista da Universidade de Nottingham Trent, pode estar disponível já em Dezembro de 2020.

Máscara tem camada de Cobre que mata o vírus

Enquanto a maioria das máscaras faciais apresenta um design de três camadas, esta máscara apresenta cinco camadas, incluindo uma camada antiviral feita de nanocobre.

O cobre possui íons que são emitidos quando em contato com um vírus, fazendo com que o vírus morra e pare de se reproduzir.

ANÚNCIO

O Dr. Gareth Cave, que desenhou a máscara, disse: “Foi comprovado que a máscara que desenvolvemos inativa os vírus ao entrar em contato; a camada antiviral mata o vírus que foi bloqueado pelas camadas do filtro.”

“O desafio com as máscaras convencionais do tipo cirúrgico é que elas apenas bloqueiam a entrada ou saída do vírus da máscara. Eles não têm um mecanismo ativo para matá-lo, uma vez que está preso na máscara.”

Coronavírus: nova máscara facial que mata vírus pode estar disponível em dezembro
Foto: (reprodução/internet)

Segurança para quem usa e quem está ao redor

“Nossa nova máscara antiviral foi projetada para utilizar a tecnologia de barreira existente e combiná-la com nossa nanotecnologia para matar o vírus assim que estiver preso lá.”

“Adicionamos a camada de barreira em ambos os lados da máscara para proteger não apenas o usuário, mas também as pessoas ao redor. Ao matar o vírus em contato, também significa que a máscara facial usada pode ser descartada com segurança e não ser uma fonte potencial de transferência passiva.”

Leia também: Coronavírus: razão importante pela qual você deve evitar máscaras faciais com válvulas

Durante os testes, a máscara facial mostrou ser capaz de matar mais de 90% dos vírus coronavírus e influenza em sete horas e teve uma eficiência de filtração de 99,98%.

As máscaras devem entrar em produção neste mês e estarão disponíveis comercialmente a partir de Dezembro para serviços de saúde, transporte e alimentação.

Embora os pesquisadores não tenham dito explicitamente quanto custarão as máscaras, eles afirmam que estarão de acordo com os preços atuais das máscaras Tipo IIR.

O Dr. Cave acrescentou: “É empolgante ver nossa tecnologia avançar e causar um impacto real na luta contra a disseminação do COVID-19.”

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fonte: Mirror

ANÚNCIO