Coronavírus: crianças e adultos produzem anticorpos diferentes em resposta ao SARS-CoV-2

Crianças e adultos produzem diferentes tipos e quantidades de anticorpos em resposta ao coronavírus, revelou um novo estudo.

Pesquisadores da Universidade de Columbia dizem que as descobertas podem explicar por que as crianças tendem a ter infecções menos graves do que os adultos.

O Dr. Matteo Porotto, que co-liderou o estudo, disse: “Em crianças, o curso infeccioso é muito mais curto e provavelmente não tão disseminado como nos adultos.”

Crianças produzem menos anticorpos

“As crianças podem eliminar esse vírus com mais eficiência do que os adultos e podem não precisar de uma forte resposta imune de anticorpos para se livrar dele.”

No estudo, os pesquisadores analisaram 47 crianças e 32 adultos com teste positivo para coronavírus.

A análise revelou que, em comparação com os adultos, as crianças produziram menos anticorpos contra a proteína spike do vírus e tiveram menos atividade neutralizante.

A Dra. Donna Farber, co-autora principal do estudo, explicou: “Há uma conexão entre a magnitude de sua resposta imunológica e a magnitude da infecção: quanto mais grave a infecção, mais robusta é a resposta imunológica, porque você precisa de mais células imunológicas e reações imunológicas para eliminar uma dose maior de um patógeno.”

Coronavírus: crianças e adultos produzem anticorpos diferentes em resposta ao SARS-CoV-2
Foto: (reprodução/internet)

Enquanto isso, as crianças também mostraram produzir menos anticorpos contra uma proteína viral que só é visível ao sistema imunológico depois que o vírus infecta células humanas.

O Dr. Porotto disse: “Como as crianças eliminam o vírus natural rapidamente, elas não apresentam uma infecção generalizada e não precisam de uma forte resposta de anticorpos”.

Veja também: Coronavírus: 80% dos pacientes com Covid-19 têm falta de vitamina D, concluiu o estudo

As crianças devem responder bem à vacina

O Dr. Farber acrescentou: “Mesmo que as crianças não produzam anticorpos neutralizantes em resposta a uma infecção natural com SARS-CoV-2, as vacinas são projetadas para gerar uma resposta imunológica protetora na ausência de uma infecção.”

“As crianças respondem muito bem às vacinas e acho que desenvolverão boas respostas de anticorpos neutralizantes a uma vacina contra a SARS-CoV-2 e provavelmente estarão mais protegidas do que os adultos.”

“Dito isso, muito poucos estudos de vacinas estão matriculando crianças e precisaremos desses dados para realmente entender como as vacinas funcionam bem em crianças.”

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fonte: Mirror