Saiba onde consultar a lista de beneficiários do Bolsa Família

Muitas famílias brasileiras que está em situação de pobreza podem ter o direito ao maior programa social do país, o Bolsa Família. Mas, para participar dele é preciso cumprir algumas regras. Por isso, a importância de consultar a lista de beneficiários do Bolsa Família.

O motivo é que um dos requisitos é ser aprovado pelo MDS – Ministério do Desenvolvimento Social. Ele é responsável por averiguar todas as informações e as documentações dessas famílias, que precisam ser de baixa renda.

Assim sendo, o MDS divulga listas, de tempos em tempos, com o nome dos responsáveis pelas famílias que vão receber os benefícios em dinheiro nos próximos meses. Se você não entende muito bem o que é o programa ou onde ver a lista completa, continue lendo.

No final do artigo temos uma notícia que foi publicada recentemente e diz que nenhuma família deverá ser excluída ou cancelada do programa nos próximos 120 dias.

O programa Bolsa Família no país

O programa Bolsa Família é para famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza. Sendo assim, entra nessa lista as famílias que recebem até R$ 89 (extrema pobreza) ou entre R$ 89 e R$ 178 (pobres).

ANÚNCIO

Além disso, trata-se de um programa federal, porém, que funciona através dos estados e dos municípios. Logo, todos acabam sendo responsáveis pela implementação do programa. Tanto é que o cadastro é sempre feito através do CRAS – Centro de Referência à Assistência Social.

O fato é que mensalmente o Ministério da Cidadania gera uma base de dados que acompanha as novidades de cada família. Depois, segue uma tabela incluindo cada integrante da família para saber a renda individual – até mesmo porque crianças, adolescentes, gestantes tem possibilidade de somar nessa renda que vem do programa.

Logo, para entrar nessa base de dados é preciso fazer o cadastro no Bolsa Família. Depois de feito (no CRAS da sua cidade), o próximo passo é acompanhar é consultar a lista de beneficiários do Bolsa Família.

O aplicativo do Bolsa Família

Um ponto muito importante de ser falado aqui é sobre o aplicativo gratuito do Bolsa Família, que foi criado pela Caixa. Ele é muito útil para quem precisa consultar o saldo do benefício, assim como ver o calendário de pagamentos.

Também dá para saber onde está a agência da Caixa mais perto para fazer o saque e ler sobre quem tem direito ao Bolsa Família. No entanto, apesar de ser gratuito e poder ser usado pelos beneficiários a qualquer hora do dia, ele não lista quem foi aprovado pelo MDS.

Portanto, se você quer saber mais sobre o app grátis do programa veja o vídeo abaixo. Mas, se quer ver a lista completa dos beneficiários do programa, com base na aprovação do governo, leia o próximo tópico.

Onde consultar a lista de beneficiários do Bolsa Família

Atualmente, existem 2 opções de plataformas digitais para fazer a consulta online. Ambas permitem a pesquisa por estado e cidade ou por famílias. Uma delas é no site da Caixa Econômica Federal, o banco responsável pelo pagamento dos benefícios.

Outra maneira é pelo Portal da Transparência, que tem o diferencial de permitir filtros ainda mais exclusivos, como por valor, tipo de benefício, período, etc. Aliás, o mais legal dessa opção é que dá para ver os detalhes de cada cidade, com base nos valores dos benefícios pagos.

Por exemplo, em janeiro deste ano, Cajobi, em São Paulo, recebeu mais de 103 mil em benefícios. Enquanto isso, Novo Oriente, no Ceará, teve mais de R$ 1 milhão de valor disponibilizado pelo governo.

Se você está curioso para fazer a pesquisa em qualquer uma das opções, considere que tem uma página do próprio Ministério do Desenvolvimento Social que indica os links corretos para você evitar ter problemas em acessar sites errados ou inválidos. Confira.

Não está na lista de beneficiários?

Se você aprendeu a consultar a lista de beneficiários do Bolsa Família e viu que não está lá, saiba que o primeiro passo é atualizar o seu cadastro, mesmo que ainda não tenha dado 2 anos da criação dele.

Sendo assim, considere que ele é importante para essa aprovação assim como para que quem já recebe o benefício continue tendo direito ao programa. Todas as mudanças devem ser informadas, como o nascimento de alguém, a saída de um integrante, mudança de endereço, etc.

Isso porque periodicamente, o Ministério da Cidadania faz o cruzamento dos dados com a base do Cadastro Único e o que o governo tem no seu banco de dados. Então, se houver discrepâncias, provavelmente, a família terá problema para receber o dinheiro.

Veja o que diz o Ministério do Desenvolvimento Social: “A revisão cadastral é importante para que o Bolsa Família continue a atender as famílias que realmente precisam desse complemento na renda familiar”.

Saiba onde consultar a lista de beneficiários do Bolsa Família

Notícia de última hora – sobre as medidas emergenciais

O Ministério da Cidadania, através da portaria 335, estabeleceu algumas medidas emergenciais para o Programa Bolsa Família. Por exemplo, com a suspensão do bloqueio ou do cancelamento dos benefícios por 120 dias.

Sendo assim, o atual ministro disse que o programa “é muito importante para as famílias mais vulneráveis”. Logo, ele contabilizou que mais de 1,2 milhão de famílias serão incluídas no programa, totalizando mais de 14 milhões no país todo.

Veja o que ele disse recentemente: “Essa portaria garante que nenhuma família será excluída do programa nos próximos 4 meses e reafirma o compromisso do presidente com o programa”.

ANÚNCIO