Conheça a carne mais cara do mundo e como ela é preparada

Se você gosta de carne e se interessa por aprender novas formas de cozinhá-la, então podemos te garantir que você se interessará neste curioso método que, através de um envelhecimento controlado, produz a carne mais cara do mundo. Nos referimento ao produto fabricado por Alexandre Polmard, um francês que pertence à sexta geração de uma família de açougueiros.

Captura-de-pantalla-2015-12-02-a-las-16.32.19
CNN

Localizado em Saint-Mihiel, na região de Lorena, a família de Polmard cultiva sua reputação desde 1847, na carnificina Passage de la Petite-Boucherie (Passagem da Pequena Carnificina).Porém, o negócio realmente se distinguiu em 1990, quando o avô e o pai criaram um tratamento para a carne, chamado “hibernação”. Neste, de leva a carne a uma temperatura de -120ºC , com uma ventilação de 129km/h, durante dois minutos. Depois, colocam os pedaços no vácuo, controlando rigorosamente sua umidade e oxigênio, segundo o amadurecimento desejado, de acordo com o corte de cada carne. Por exemplo: 50 dias para as costeletas de carne bovina e 30 dias para o bife.

Este tratamento permite que a carne se mantenha durante muito mais tempo sem perder a qualidade, e a verdade é que deve ser assim que um uma alcatra pode chegar a custar cerca de 3.200 dólares.

Captura-de-pantalla-2015-12-02-a-las-16.32.09
CNN

Mas Polmard não se preocupa apenas com o tratamento da carne, mas também presta atenção especial à qualidade de vida do seu gado. Ele vive livremente, rodeado de bosques e áres verdes. O açougueiro se assegura de lhes dar uma vida cômoda e livre de estresse.

Inclusive, evita enviá-las para matadouro, já que o estresse de entrar nesse lugar aumenta o glicogênio e o ácido láctico no sangue, o que mudaria definitivamente o sabor das carnes. Por isso que se decidiu inverter e montar um matador na própria granja, onde 4 vacas são sacrificadas por semana.

Captura-de-pantalla-2015-12-02-a-las-16.32.29
CNN

Apesar dos altos preços desta carne, os chefes dos restaurantes mais prestigiados do mundo a esperam com meses de antecedência para conseguir obter um pedaço. É por isso que Polmard se dá ao luxo de eleger os melhores compradores.

Um destes afortunados é o chefe Fabrice Vulin, do restaurante de duas estrelas Michelin “Caprice”, que fica localizado no  Hotel Four Seasons, em Hong Kong. Neste restaurante, a carne pode custar $700 (R$2.334) - sem incluir o vinho.

Captura-de-pantalla-2015-12-02-a-las-16.32.59
CNN

Segundo o chef Vulin, o que diferencia esta carne é a sua baixa acidez e uma textura sem igual. Precisa apenas de uma faca para conseguir cortá-la. Nesta carne não se vê graxas e a sua cor é um vermelho rubi.

Você gostaria de prová-la?

Fonte: Upsocl

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo
<-- /home/minilua/public_html/wp-content/cache/static/https/minilua.com/conheca-a-carne-mais-cara-do-mundo-e-como-ela-e-preparada/index.html //-->