Veja de que forma é possível comprar títulos do Tesouro pela corretora

Se você é empreendedor digital, MEI (microempreendedor individual), se trabalha de forma autônoma, se trabalha na internet… Saiba que uma boa ideia sempre é pensar em reserva financeira. Logo, temos a opção de comprar títulos do Tesouro pela corretora.

Mas, você sabe como fazer isso ou as vantagens de fazer isso? Obviamente, estamos falando de uma opção indicada para quem tem um negócio próprio e precisa ter aquela reserva para quando algum imprevisto acontecer.

Porque, na verdade, eles vão acontecer uma hora ou outra. Pode ser uma época de poucas vendas ou um momento em que a sua máquina quebra e o conserto fica bem caro. Então, nada melhor do que estar prevenido, não concorda? Conheça mais do Tesouro Direto.

A importância dos investimentos

Os investidores que já tenham algum conhecimento sobre títulos públicos ou até mesmo aquelas pessoas que pretendem começar a investir é natural ter algumas dúvidas sobre como comprar títulos do Tesouro Direto através de uma corretora.

Principalmente, se for para escolher aquelas que oferecem as melhores condições e diminuam o risco de um investimento sem um retorno satisfatório. Resumidamente, o que a gente sabe é que o Tesouro rende mais do que a poupança e é mais seguro também.

ANÚNCIO

Em um primeiro momento, o importante é saber definir quais são as melhores ofertas e como fazer a compra de um título através de uma corretora deve ser seu foco. Isso inclui entender a importância de ter um investimento também.

E é isso que vamos lhe ensinar a fazer e após esse conteúdo você vai perceber que não existem muitas dificuldades para comprar títulos do Tesouro pela corretora.

O que é o Tesouro Direto?

Caso você não saiba o que é exatamente o Tesouro Direto ou se já teve contato indireto, não custa nada relembrar melhor sobre esse investimento: uma modalidade de investimento que surgiu em 2002 através de uma parceria firmada pelo Tesouro Nacional e a Bolsa de Valores.

A sua meta era se tornar um título público popular. Isso porque os títulos públicos só podiam ser comprados de formas indiretas e somente instituições financeiras podiam fazer sua aquisição. Agora, qualquer investidor ou empresa pode fazer isso. Até mesmo MEIs.

Ele é formado por alguns tipos de títulos de papeis como Tesouro Prefixado, Tesouro Selic e Tesouro IPCA, sendo que cada um possui suas características diferenciadas e condições.

De uma forma geral, investir no Tesouro Direto é como se você tivesse fazendo um empréstimo para o governo federal no ato de comprar um título. Então, quando vender, terá seu dinheiro de volta e ainda será recompensando por juros. É uma renda fixa.

A conta em uma corretora de investimentos

Antes, para comprar um título do Tesouro Direto você precisa possuir um CPF e uma conta em um banco. Agora, você pode abrir a sua conta na corretora de investimentos, que traz mais vantagens, como a não cobrança para esse tipo de investimento.

Mas, sobre comprar títulos em corretoras, a nossa sugestão é procurar uma corretora independente mesmo e não o banco. Ou seja, que não está diretamente ligada a nenhum grande banco.

Isso porque elas oferecem taxas com valores bem mais em conta. Inclusive, as corretoras exclusivas dos grandes bancos cobram em média 5 vezes mais para investimentos em títulos públicos.

Além disso, para abrir sua conta em uma corretora é muito fácil e rápido – além de ser, quase sempre, gratuito. Como a empresa não trabalha com empréstimos, cartão de crédito ou cheque especial, conseguem agilizar o processo.

O cadastro na corretora!

O seu cadastro na corretora começa com o preenchimento de um formulário deverá ser feito em um site – já que tudo é online. Algumas dessas empresas podem pedir que imprima o contrato, assine e o envie-o novamente assinado fotografando seus documentos por e-mail.

Em alguns casos você pode receber um telefonema para confirmar ser a pessoa que está o pedido. Mas, o grande segredo mesmo está na escolha da sua corretora de investimentos.

As melhores corretoras para investir no Tesouro

Apesar de não ser o foco para falar como comprar títulos do Tesouro pela corretora, considere que esse é um dos tópicos mais interessantes que você vai ler hoje.

Saiba como ganhar dinheiro com os robôs de investimento

Saiba que além do cadastro, a sua corretora vai fazer o atendimento, recolher seus impostos e taxas, apresentar dados para você, sanar suas dúvidas, disponibilizar em sua conta de onde partem o capital com destino ao Tesouro.

Então, cada empresa (corretora) tem um modo de fazer isso. Resumindo, não tem outra forma de investir em títulos públicos se não tiver conta aberta em corretora, fazendo com a escolha da mesma seja muito importante.

As corretoras independentes são as melhores opções. Mas, ainda assim, é interessante você analisar todas antes de optar por uma, pois cada uma oferece condições diferenciadas. Atualmente, as mais conhecidas e confiáveis são: XP Investimentos e a Rico Corretora.

comprar títulos do Tesouro pela corretora

Como fazer a compra de um título pela corretora

Agora sim, vamos falar sobre como comprar títulos do Tesouro pela corretora. Então, vamos dar um exemplo do processo realizado na corretora Rico. Nesse caso, é necessário um CPF, pelo menos R$ 30 e acesso à internet para fazer a operação que dura no máximo 15 minutos.

Leia Também: Aprenda como investir no Tesouro Direto com a BTG Pactual

No menu superior tem uma aba do “Tesouro Direto”, onde estão as: Tesouro Selic, Tesouro IPCA+ e Tesouro Prefixado. Cada um delas tem várias opções, escolha naquela que mais se interessar.

Na sequência faça um TED da sua conta corrente para a Rico com aqueles R$ 30 ou mais que pretende investir. Então, com o dinheiro na conta da corretora, você pode comprar o título do Tesouro. Pronto, você já comprou o seu título.

Agora, considere que a Rico é uma das poucas corretoras que oferece venda de títulos no Tesouro Direto com taxa zero. E a XP também tem esse diferencial.

ANÚNCIO