Composto de cannabis pode ajudar a reduzir os danos pulmonares da Covid-19, afirma o estudo

ANÚNCIO

Um composto encontrado na cannabis (CBD) pode ajudar a reduzir os danos pulmonares causados ​​pela Covid-19, afirma um novo estudo.

Pesquisadores do Dental College of Georgia dizem que o CBD parece reduzir a ‘tempestade de citocinas’ que danifica os pulmões de pacientes com Covid-19.

ANÚNCIO

No início deste ano, a equipe descobriu que o CBD foi capaz de melhorar os níveis de oxigênio e reduzir a inflamação pulmonar em pacientes com Covid-19.

Agora, eles mostraram o mecanismo pelo qual isso ocorre.

Aumento nos níveis de apelina

Suas descobertas indicam que o CBD permite um aumento nos níveis de um peptídeo natural chamado apelina, que é conhecido por reduzir a inflamação.

ANÚNCIO

Em seu estudo, a equipe conseguiu mostrar que os níveis sanguíneos de apelina aumentam 20 vezes quando os pacientes recebem CBD.

O Dr. Jack Yu, que trabalhou no estudo, disse: “O CBD quase o trouxe de volta ao nível normal”.

Esta não é a primeira vez que os cientistas sugeriram que um composto da cannabis poderia ajudar a reduzir os danos pulmonares causados ​​por Covid-19.

Veja também: Os estudantes agora podem estudar maconha medicinal na Universidade da Nova Zelândia

THC interrompe a inflamação nos pulmões

No início deste ano, pesquisadores da Universidade da Carolina do Sul afirmaram que o tetrahidrocanabinol (THC), um dos principais compostos ativos da cannabis, pode reduzir a inflamação nos pulmões conhecida como síndrome do desconforto respiratório agudo (ARDS).

Composto de cannabis pode ajudar a reduzir os danos pulmonares da Covid-19, afirma o estudo
Foto: (reprodução/internet)

No estudo, os pesquisadores testaram os efeitos do THC em ratos com SDRA.

Eles descobriram que em 100% dos casos, o THC interrompeu a inflamação nos pulmões, retardando a liberação de proteínas de citocinas.

Em seu estudo, publicado na Frontiers in Pharmacology, os pesquisadores, liderados por Amira Mohammed, explicaram: “É interessante notar que uma proporção significativa de pacientes com doença por coronavírus em 2019 (COVID-19) apresenta sepse e SDRA acompanhada de citocina tempestade.”

“Como atualmente não existe um tratamento eficaz contra a SDRA, uma porcentagem significativa de tais pacientes com COVID-19 morre de danos graves aos pulmões e outros órgãos, causados ​​pela tempestade de citocinas.”

Traduzido e adaptado por equipe Minilua

Fonte: Mirror

ANÚNCIO