Como surgiu a nossa Lua?

Quem vê a Lua hoje em dia nada mais enxerga do que sua beleza enfeitando o céu noturno, mas a história dela foi bem conturbada e pode surpreender muitos de seus admiradores.




A teoria

artworks-000002692075-gkijry-original

Existem diversas teorias para embasar o surgimento da Lua, mas a mais conhecida e aceita por todos é a teoria da colisão.

Certo dia, ainda na formação do sistema solar, um planeta chamado Theia, que tinha quase o tamanho de Marte, se chocou com a Terra. O impacto foi tão forte que pedaços de rocha quente foram jogados para todos os cantos no espaço e com o passar de milhões de anos, ele se aglomeraram novamente. No fim a Lua acabou sendo criada.




Ela está indo embora

thumbnail

Quando você vê a pequena Lua no céu hoje em dia e gosta da imagem, certamente iria curtir muito mais há alguns bilhões de anos atrás. Pois ela ficava muito mais perto da Terra, algo em torno dos 30 mil quilômetros, sendo que hoje ela está a mais de 300 mil. Naquela época não era difícil ver algo assim todas as noites:

1111GlauciaMenezes_FB_

E também é graças a ela que nossos dias têm 24 horas, se não eles seriam infinitamente mais longos, dificultando muito a vida a na Terra. Só que para nosso azar ela está se afastando, mais ou menos 3 centímetros por ano e chegará um dia que mal a veremos no céu, mas isso só daqui uns 4 bilhões de anos. E claro, quanto mais longe ela ficar, maiores vão ir ficando os dias. Nosso sistema de 24 horas logo ira falir.




Curiosidades lunáticas

- Ao contrário do que se pensa a Lua tem rotação, mas sua velocidade combina com a da Terra, por isso sempre vemos o mesmo lado;

- A Lua é cheia de crateras, pois não possui atmosfera nem núcleo quente para “reciclar rochas”, por isso as marcas, mesmo as mais antigas, continuam por lá;

- É assim que o lado negro da lua parece:

600px-Moon_PIA00304

Essa é nossa Lua, que além de bela é importante na história da formação da Terra e ajuda a vida a se manter por aqui.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

Receba mais em seu e-mail
Topo