Descubra quais são os 4 primeiros passos de como montar uma empresa sustentável

Nos últimos dias, nós criamos diversos conteúdos aqui para falar como uma empresa pode se tornar sustentável. E o melhor é que tivemos ótimos retornos, mostrando que temos muitos empreendedores preocupados com o assunto do meio ambiente.

Ainda assim, o que notamos, conforme os comentários, é que muitos deles ainda não sabem muito bem por onde começar. Sendo assim, fizemos esse conteúdo de uma forma muito simples, mostrando exemplos, de como dá para começar a ser sustentável.

Como resultado, nós tivemos a criação de 4 passos fáceis para montar uma empresa ecológica, preocupada com o meio ambiente e que assine com a marca com a palavra “sustentabilidade”, que é algo muito importante para os consumidores atuais. Bora ver esses passos?

Os 4 primeiros passos

Antes de trazer aqui a lista é muito importante que você saiba que as dicas abaixo foram auxiliadas pelo professor Luiz Macedo, que é da escola de administração de empresas da Fundação Getúlio Vargas.

1º – Comece de um jeito simples

A primeira coisa para dar certo é você escolher um tema que seja próximo ao seu negócio. A dica do professor é pensar em “reciclagem”. Tendo em vista que esse é um bom começo para a maioria dos pequenos e médios negócios.

Ele também fala que outras ideias, além da reciclagem, podem ser “racionalização do uso de energia” ou “diminuição no consumo de água”. De qualquer modo, após essa escolha, o ideal é partir para uma campanha focada em educação ambiental entre funcionários e clientes.

E como fazer? Macedo fala em ensinar o que pode ser reciclado, por exemplo. Ao passo que para facilitar o tema, dá para mostrar a divisão dos materiais pelo padrão das cores: azul é papel, o verde é de vidros, o amarelo para metais e o vermelho para os plásticos.

No último tópico deste conteúdo, nós vamos trazer algumas das práticas sustentáveis mais fáceis para você inserir na sua empresa. Elas vão além da reciclagem, continue lendo para descobrir quais são.

2º – Aprenda a analisar os resultados

Agora, o professor fala da importância de “tomar nota” e fazer o monitoramento dos resultados. Isso quer dizer que de tempos em tempos é preciso saber como o trabalho está indo e se está alcançado algum resultado.

Por exemplo, saiba sobre o que foi reciclado. Ou então, sobre a economia da água. Ou da energia e assim por diante.

Um diferencial, como ele diz, é ir além dos números. Para isso, você pode criar pesquisas ou formulários para fazer esse monitoramento de resultados através do sentimento dos clientes e dos fornecedores ou colaboradores. “Saiba a opinião e os comentários deles”, avalia.

3º – Redefine as suas ações

Para quem quer montar uma empresa sustentável do zero, vamos agora ao 3º passo. Aqui a ideia é você repensar as ações porque é comum que tenha algo que dá para ser melhorado, conforme os resultados analisados acima.

Nesse caso, lembre-se da comunicação direta com colaboradores e clientes. Para o professor, em todo caso é fundamental ter uma conversa franca para entender dos benefícios da reciclagem ou da campanha.

“Agora, sua empresa e seu time de trabalho já tem expertise suficiente para o próximo passo. Pense em outras ações de sustentabilidade ambiental”, ele diz. Ou seja, se der para melhorar a primeira ação ótimo, ainda assim pense nas próximas ações também.

Para explicar o assunto, ele comenta algo com “se sua cidade não possui um sistema de coleta, faça parcerias com outros grupos, seja de catadores, sucateiros, ONGs, etc”.

4º – Comunique sobre as conquistas

O último passo para esse sucesso sustentável é saber dividir com todos os resultados alcançados. E com todos mesmos, desde a equipe de trabalho até os clientes, os fornecedores e a comunidade.

Para Macedo, porém, isso não quer dizer fazer promoções grandiosas. Mas, de fato, você vai ver que você terá uma boa história para servir de exemplo para todos. E isso poderá incentivar novas empresas ou outras pessoas a praticarem ações sustentáveis também.

Para ele, inclusive, esse é o seu melhor resultado.

Além do mais, ele comenta que você poderá se tornar um ícone – ou melhor, uma base para essas ações sustentáveis. “Caso a cidade não tenha sistema de coleta eficiente, destine um espaço em sua empresa para que os clientes possam depositar produtos recicláveis”.

Bônus – as práticas sustentáveis nas empresas

Como prometemos no primeiro passo, a gente tem aqui um bônus, que é para citar as práticas sustentáveis nas empresas. Aliás, não vamos citar todas que existem, mas aquelas que são mais simples e toda empresa, independente do porte, pode adotar.

como montar uma empresa sustentável

Por exemplo, você sabia que pensar em instalar pontos de tomadas a mais vale a pena? Isso porque você evita o uso de extensões, que acaba fazendo você consumir mais energia. Ah, e tem mais: dá para pensar em usar utensílios que não são descartáveis.

Vamos supor que você crie uma ação para produzir canecas para os seus funcionários. No começo, isso pode parecer bem caro, mas você vai ver que o investimento vale a pena porque você gastará menos com a compra de copos descartáveis. Além de ser mais ecológico.

E essas são só algumas das dicas que demos nesse texto, que você poderá ler quando quiser. A matéria está disponível no título de “Conheça 12 práticas sustentáveis nas empresas que você deveria seguir”.