Como montar um salão de beleza? Conheça 3 características imprescindíveis

ANÚNCIO

Você está pensando em como montar um salão de beleza, mas não tem muita certeza de como fazer isso ou por onde começar? A gente vai usar esse conteúdo para trazer algumas dicas que podem ser determinantes para o seu sucesso nesse negócio.

Para isso, a gente optou por trazer a história de um empreendedor. E, na visão dele, existem 3 características que são imprescindíveis para tornar o negócio possível, lucrativo e de sucesso.

ANÚNCIO

Mas, antes de começar temos algumas ressalvas a serem feitas. A primeira é você saber que não vamos falar de questões técnicas aqui. Se você quiser saber disso, o mais recomendável é fazer algum curso gratuito, como no Sebrae (Gestão de Salão de Beleza).

A próxima informação é que a entrevista foi dada para a revista Empreende. E a gente adaptou o texto para considerar essas características listadas. Ah, a entrevista é do cabeleireiro Otávio Lippi, que se inspirou no tio para descobrir como montar um salão de beleza.

 A história de Otávio Lippi

Otávio Lippi hoje tem 26 anos e estudou como montar um salão de beleza logo que se formou no ensino médio. Obviamente, ele não imaginava pelo que a sua vida passaria. Mesmo assim, sempre teve foco.

ANÚNCIO

Curiosamente, ele gostava muito de games e de computador. Por isso, decidiu fazer um curso técnico em Informática pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Após a sua formação, no entanto, ele começou a trabalhar como motoboy em um salão de beleza.

Dessa forma, dá para ver que apesar do esforço e do estudo, Otávio não teve sucesso na profissão de informática. Mas, foi no dia a dia de trabalho que ele teve uma ideia de empreendedor: abrir o próprio salão.

O feeling

O feeling se deu quando Lippi notou o entra e sai de clientes satisfeitas com as mudanças no visual no salão que ele trabalhava. Veja o que ele lembrou e contou em entrevista:

“Eu ficava observando os profissionais que trabalhavam no salão e comecei a me interessar pelo o que eles faziam. Todos foram muito receptivos comigo também e passaram a me ensinar”, lembra.

Assim, meio que sem querer querendo, ele se tornou um jovem aprendiz. Foi então que se matriculou na Ondina Beauty Academy. Mas, esse foi só o primeiro de todos os cursos de cabeleireiro e de beleza que ele fez mais tarde.

As características imprescindíveis

Hoje, Otávio é formado pela Academia Vidal Sassoon de Londres, no Reino Unido e até estudou técnicas e tendências na Alemanha e em Nova York (EUA). “O mercado da beleza é muito dinâmico, sempre surgem novidades e temos que nos atualizar”, afirma.

Mas, apesar do estudo e da atualização, o que você quer mesmo saber é sobre as características que ele considera como importantes e ajudam a responder como montar um salão de beleza, não é mesmo? Então, vamos a elas.

1 – Experiência

A verdade é que ninguém nasce com experiência, mas todos podem consegui-la. Foi assim que aconteceu com Otávio. Então, até chegar a ser sócio do seu próprio salão (o Indoor Cabeleireiros), Lippi diz que passou pelo que ele chamou de “vários recomeços” na carreira.

Por exemplo, enquanto tinha 18 anos, ele foi assistente no estabelecimento do tio (que era cabeleireiro). Mais tarde, atuou em um salão em uma cidade próxima de onde morava. Então, voltou e começou a trabalhar como cabeleireiro no shopping. Novamente, veja o que ele diz?

“Antes de tudo, ainda fui trabalhar no salão de um amigo do meu tio. Lá, comecei tudo de novo, conquistando meu espaço passo a passo. Aprendi muito nesse meio tempo e consegui amadurecer como profissional, mas sempre mantive o pé no chão”, ele garante.

2 – Coragem

A próxima dica dele é a coragem. Afinal, abrir um salão pode parecer simples, mas exige muita coragem do empreendedor. O salão de Otávio foi aberto em parceria com o tio.

“Temos técnicas distintas e conhecimentos complementares, o que nos permite atender às expectativas de um público bem diversificado, de todas as idades. Também procuramos estar sempre alinhados com as tendências desse mundo globalizado que viemos hoje”, afirma.

E a gente explica isso na prática. Otávio é conhecido por criar mechas naturais. Então, essa é a atuação dele, deixando para os outros sócios as outras especialidades.

“Valorizo muito a honestidade e a saúde dos cabelos. Se a cliente quer uma cor que não cairá bem ou que vá prejudicar os fios, eu a oriento e não faço. Esse tipo de relação de confiança é extremamente importante na minha área”, destaca.

3 – Desafios

Por último, para Otávio, os maiores desafios da profissão são: conseguir atender o que a cliente quer e atender suas expectativas respeitando a saúde dos cabelos.

“Para isso, procuro escutar atentamente e sempre ser honesto e transparente. Foi o que aprendi com esses anos de profissão”, ressalta.

E ainda que seja jovem, Otávio já se considera um empreendedor de sucesso. “Temos planos de expansão da empresa, que colocaremos em prática no ano que vem. Acredito que ainda há muito espaço para crescer no mercado de beleza”, conclui.

Como montar um salão de beleza

Bônus – referências

Além da coragem de inovar e empreender, ele também comenta que é preciso ter referências no trabalho. No caso dele, nomes como Renato Fuzz e Romeu Felipe são bem comuns de serem ouvidos, falados e estudados.

ANÚNCIO