Início Utilidade Pública

Veja como melhorar de vida ganhando pouco em 3 passos simples

O fato de ter um salário baixo não deveria ser uma desculpa pelo fato de você não estar conseguindo economizar dinheiro, sabia? Assim sendo, você vai descobrir como melhorar de vida ganhando pouco – até mesmo porque muito rico não ganhou herança.

Contudo, sabemos que o desafio de ficar rico pode ser maior para as camadas menos favorecidas da sociedade, especialmente as de baixa renda. Mas, nada que seja impossível ou surreal. Dá sim para sair debaixo e se tornar milionário.

E se você tem alguma dúvida disso, ótimo. Esse texto é daqueles para você ver que com pequenas mudanças de hábitos você pode ser outra pessoa, com outra visão e outros resultados. Além de uma conta bancária bem mais recheada, obviamente.

Os 3 passos simples para a mudança!

É importante você saber que as informações aqui listadas vêm de especialistas e de dados. Por exemplo, no ano passado, o IBGE lançou uma pesquisa onde afirma que metade dos brasileiros recebem menos de um salário mínimo por mês.

Então, a gente sabe que não é uma tarefa simples essa de mudar de vida a partir de um salário baixo. Por outro lado, saiba que qualquer real que gastar a menos em um mês, já é uma economia para você e o seu objetivo (que é o de enriquecer).

Com isso, queremos dizer que é preciso adaptar seus planos a sua realidade. Sendo assim e demorar mais nem um pouco, nós separamos uma lista de dicas que você pode utilizar na sua vida para que entenda que qualquer pessoa, independente do salário, é capaz de economizar.

1 – Priorize dívidas de juros altos

A primeira coisa para entender como melhorar de vida ganhando pouco é considerar as dívidas que você tem. Logo, ter dívida de juros altos é o motivo para que muitas pessoas não consigam economizar dinheiro. Entre elas, as do cartão de crédito ou do cheque especial.

Portanto, se você é uma dessas pessoas, considere a dica de: priorizar o pagamento das dívidas mais caras para que sobre mais recursos para outras áreas que são mais importantes. Se não tem dívidas caras, então, pague as mais baratas.

O foco é quitar as dívidas. E para isso, a primeira coisa que precisa fazer é tentar renegociar a dívida com os credores. Pode não ser tão fácil assim, mas é importante que você busque novos prazos e valores, para que agora pague certinho e sem atrasos. Ok?

Outra sugestão é tentar consolidar sua dívida com empréstimos com juros bem mais baixos que sua conta. Por isso, pode ser mais vantajoso contratar um empréstimo pessoal para pagar a dívida do cartão de crédito, por exemplo. Mas, estude isso antes de fechar o acordo.

2 – Reduza as despesas mais caras

O próximo passo é falar sobre as despesas. Afinal, no Brasil, muita gente não faz ideia do quanto gasta e nem com o que gasta. Inclusive, muitos que vão ler esse título vão desistir logo de cara, pois acham impossível fazer uma redução de gastos. Mas, nada é impossível.

Sempre tem uma forma de se planejar para economizar dinheiro com alguma compra ou serviço ou produto. Por exemplo, almoçar em casa ou não sair no fim de semana podem ser soluções rápidas. Deixar de ir ao cinema uma vez no mês, cancelar o pacote de TV também.

O valor da moradia, principalmente quem mora de aluguel, costuma ser a maior conta mensal. Talvez seja hora de procurar um local mais barato, não acha? E se morar sozinho, comece a pensar em morar em uma república, que pode ser uma solução econômica.

Mas, como dissemos, cada real é importante no fim do mês. Por isso, é preciso investigar quais são os seus gastos excessivos. Talvez seja hora de analisar item por item e ver o que dá para cancelar e o que dá para diminuir. Faça uma lista e busque soluções.

3 – Controle das finanças (gastos x receitas)

O último passo para aprender de uma vez por todas como melhorar de vida ganhando pouco é considerar o quanto de dinheiro está sendo investindo nas contas da casa, o quanto está sendo gasto e o quanto você tem de renda mensal. Isso é controle de gastos.

Uma readequação dos seus gastos deve ser feita imediatamente. Sendo assim, esse tópico é um adjacente ao que foi dito no tópico atrás. Logo, quanto mais enxuto for seu número de contas, mais facilidade terá para se readequar a uma vida mais saudável com as finanças.

Nesse caso, o seu grande desafio vai ser conseguir separar aquilo que é fundamental para a manutenção sustentável da sua casa e o que é realmente luxo. É uma questão entre o essencial e o excessivo, sabe?

O ideal é que você use uma planilha do Excel ou um aplicativo que te ajude com isso. Assim sendo, comece por anotar todos os gastos. O resultado é que eles devem ser menores do que a sua renda. Só assim você vai conseguir fazer sobrar dinheiro, gerando a economia.

Bônus – acelere o controle com uma renda extra

Para terminar esse conteúdo, a gente viu que economizar dinheiro é bem simples, e você pode fazer isso mesmo que não tenha uma renda mensal tão alta. Então, em resumo, você só precisa gastar menos do que ganha.

Mas, se a sua dificuldade esteja em fazer cortes, considere que aumentar a renda pode ser a sua solução mais prática. Portanto, para arrumar uma renda extra, analise aquilo que você é bom. Talvez o seu hobby agora pode lhe render uma boa grana, por exemplo.

Se você costura, borda ou tricota, pode fazer trabalhos em horas ociosas e vender para completar renda. Vender trufas, doces ou cosméticos também podem ser uma ideia interessante. Existem também algumas opções de trabalhos online.