Como ‘gay’ passou a significar "homossexual"?

gay-love

A palavra “gay” parece ter suas origens por volta do século XII, na Inglaterra, derivado da palavra “gai” da Velha França, que por sua vez provavelmente derivou-se de uma palavra germânica, no entanto, a origem não é completamente conhecida. O significado original da palavra seria algo com o efeito de “alegre”, “despreocupado”, “cheio de alegria”, ou “brilhante e vistoso”.

No entanto, em torno do início do século XVII, a palavra começou a ser associada com a imoralidade. Em meados desse século, de acordo com uma definição do dicionário Oxford, na época, o significado da palavra tinha mudado para “viciado em prazeres. Muitas vezes usando de eufemismos, como: Da vida solta e imoral “. Esta é uma extensão de um dos significados originais de “sem preocupações”.




Adição de mais significados

Já no século XIX a palavra gay se referia a uma mulher que era prostituta, e um homem gay era alguém que dormiu com muitas mulheres (ironicamente), muitas vezes prostitutas. Também nessa época, a expressão “gay it” destinava-se a ter relações sexuais.

Mesmo com estas novas definições, os significados originais de “despreocupado”, “alegre” e “brilhante e vistoso” ainda se mantiveram; assim a palavra não foi exclusivamente utilizada para se referir a prostitutas ou a um homem promíscuo. Aquelas foram apenas definições aceitas, juntamente com os outros significados da palavra.

simbolo-gls

Por volta de 1920 e 1930, no entanto, a palavra passou a ter um novo significado. Em termos de significado sexual da palavra, um “homem gay” já não significava apenas um homem que teve relações sexuais com um monte de mulheres, mas agora começou a se referir a homens que fazem sexo com outros homens. Houve também uma outra expressão “cat gay” que naquele tempo significava: um menino homossexual. Por volta de 1955, a palavra “gay” oficialmente obtinha uma nova definição adicional de sentido homens homossexuais. Os próprios homens gays parecem ser conduzidos por essa nova definição como se sentissem (e muitos ainda sentem) que “homossexual” é demasiado clínico, soando como uma desordem. Como tal, era comum entre a comunidade gay referir-se um ao outro como “gays” antes mesmo desta ser uma definição comumente conhecida (declaradamente homossexuais estavam chamando uns aos outros de gays no início dos anos 1920). Neste momento, as mulheres homossexuais foram referidas como lésbicas, não gays. Embora, as mulheres ainda pudessem ser chamadas de gays, se ainda fossem prostitutas, já que essa definição ainda não havia desaparecido 100%.

Desde então, gay, ou seja, masculino homossexual, tem impulsionado continuamente todas as outras definições que se apresentam através do tempo e, claro, também começou gradativamente a complementar a palavra “lésbica”, que se refere a mulheres que são homossexuais.

O uso do termo ‘gay’ é sempre usado pejorativamente, não obstante, um pouco de informação nunca é demais. Não é mesmo?

Reaja! Comente!
Topo