Como eles manipulam sua fé: Promessas #4

Atualmente existem mais de 10 mil religiões no mundo, e um dos pontos mais intrigantes nessa diversidade é que todas elas (ou quase) estão certas de que são “a única correta”, mas nenhuma delas possui provas palpáveis disto, por isso vemos mais de 5 mil deuses diferentes sendo louvados no mundo.

Em meio a essa diversidade, algumas religiões acabam apelando para técnicas menos honestas para manterem e aumentarem seus seguidores. Confira nesta série quais as mais frequentemente utilizadas:




Promessa

Promessa

Um dos conceitos que praticamente todas as religiões usam para se justificarem, acima de tudo, são as promessas. Toda religião tem como base algum tipo de promessa, normalmente algo relacionado a uma outra vida ou vida após a morte.

Um exemplo popular, muitas comumente prometem que a pessoa pode ir para o céu caso siga as doutrinas da crença e creia em Deus. Caso contrário, sofrerá muito nessa outra vida, que é eterna. Como ninguém quer sofrer e todos desejam ter esta vida perfeita, esta promessa é usada para manter os seguidores “na linha”.

Uma vez que essa promessa é posta na mesa e o seguidor passa a acreditar nela, mesmo que seja algo totalmente absurdo e sem nenhuma comprovação, se cria um laço poderoso, onde os líderes religiosos podem pedir as coisas mais extravagantes, tendo sempre a poderosa ameaça de que se o seguidor não cumprir determinada coisa, não vai receber o “prêmio prometido”.




Promessas nessa vida

Em algumas religiões, a promessa parou de ser na outra vida e se tornou algo palpável ainda nesta. É o caso de muitos programas de TV religiosos, onde basta acompanhar por alguns minutos para vermos algum tipo de pedido de dinheiro. Mas eles não pedem simplesmente o mesmo, sempre existe uma promessa ligada a isso.

Por exemplo, um líder religioso diz que o seguidor precisa pagar um valor para conseguir um novo emprego. O seguidor, que acredita no seu líder, acaba pagando aquilo. Muitas vezes a pessoa além de pagar este valor, também se esforça muito para conquistar seu objetivo e de fato o conquista. Automaticamente a pessoa liga o desejo realizado, com a promessa feita e o valor pago. Nesse momento se cria um círculo vicioso de promessas, pagamentos e espera por acontecimentos.

O que antes era apenas uma promessa, se tornou algo real. A partir desse momento, mesmo que pague para ter outras promessas concretizadas e elas nunca mais ocorram, o seguidor estará preso à ideia de que se ele pagar, vai conseguir o que deseja de Deus, criando um vínculo tão grande com a religião e suas crenças, que nada mais o fará mudar de ideia.

Reaja! Comente!
    Topo