Como é feito o dinheiro no Brasil?

Dinheiro é, basicamente, um pedaço de papel que possui um valor diferenciado, mas para que esse valor seja válido, a grana tem que ser feita de uma maneira muito especial, se não todo mundo poderia produzir todo dinheiro que quisesse.

Aqui no Brasil muita tecnologia é usada para fazer nosso rico dinheirinho:




A Casa da Moeda

casa-da-moeda

Assim como a grande maioria dos países, o Brasil possui uma Casa da Moeda, local onde o dinheiro e alguns outros documentos importantes, que não podem ser facilmente falsificados, são produzidos.

A Casa da Moeda brasileira já tem muitos anos de história, pois foi fundada em 1694. Com o passar do tempo, as instalações dessa fábrica de dinheiro cresceram e hoje ela está instalada no Distrito Industrial de Santa Cruz, no Rio de Janeiro.

A Casa da Moeda brasileira é aberta ao público, que pode ir lá e conferir todos os passos feitos para a produção de nosso dinheiro, para isso basta fazer a inscrição no site e agendar visita.




Fazendo dinheiro

Rio, 06/08/2010.
Seção de crítica e análise de qualidade da Casa da Moeda, Santa Cruz.
Foto: Selmy Yassuda

Produzir dinheiro não é nada fácil. E tudo começa com a matéria prima.

O papel usado para fazer dinheiro não é comum e normalmente não é vendido por aí. Ele tem fibras de algodão, é mais áspero e resistente do que papel normal.




Imprimindo

Validade-de-concurso-da-Casa-da-Moeda-para-1.015-vagas-é-prorrogada

O primeiro passo na hora de fazer dinheiro é a impressão offset, onde a nota recebe uma primeira camada com tinta invisível, que só pode ser detectada com luz azul. Logo em seguida, uma nova impressão coloca os primores elementos nela, como alguns dos desenhos. Nesse estágio é necessário uma espera de dois dias para secagem, pois a nota está com os dois lados cheios de “tinta fresca”.

Em seguida vem a calcográfica, onde alguns elementos em relevo são impressos na nota. O próximo passo é a impressão do número que muda de cor, que aparece nas notas de dez e vinte.

cedulas-dinheiro-casa-da-moeda-brasil-20120913-01-size-598

Quando tudo que precisa estar na cédula já foi impresso, existe uma checagem manual feita exclusivamente por mulheres. Após isso, há uma fase onde as notas são cortadas e recebem o número de série, impresso duas vezes: Uma no canto inferior, em preto, e uma em cima, em vermelho, com fonte crescente.

Depois disso, as notas são embaladas em maços e guardadas nos cofres, até serem entregues para o Banco Central.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/

Receba mais em seu e-mail
Carregar mais
Topo