Minilua

Coisas que só aprendemos com o Funk

Tem gente que gosta, tem gente que odeia, mas funk ao seu modo também é cultura, e acredite ou não podemos absorver algo dele, seja útil ou inútil, mas suas letras inusitadas acabam sendo marcantes para muitas pessoas:

“Um tapinha não dói.”

“Se o destino se meteu foi porque ele quis.”

“Morro do Dendê é ruim de invadir.”

“A idade não importa quando você gosta de alguém.”

“Amor é amor, romance é romance e traição é traição.”

“No Rio tem mulata e futebol, cerveja, chopp gelado, muita praia e muito sol.”

“Ela só pensa em beijar.”

“A massa acha responsa quando encontra um negão zoando, rebolando, suando no salão.”


“Pra dançar Créu tem que ter disposição.”

“O funk não é modismo, é uma necessidade.”

“Mulher burra fica pobre, mas se for inteligente, pode até enriquecer.”

“Quer romance? Compra um livro.”

Divulgue a matéria para os seus amigos! (@Nandy Martins)