Minilua

China: Videogame na prisão?!

Qual garoto no mundo nunca ficou horas em frente a um videogame ou mesmo ao PC jogando seu game favorito? Muitos (inclusive eu mesmo) sonham ou já sonharam algum dia poder levar uma vida de gamer, afinal de contas existe trabalho melhor que esse?

Contudo, mesmo que não seja uma das profissões mais comuns e de fácil acesso para se encontrar vagas no ramo ainda existe uma alternativa, basta você ir para a China e dar um jeito de ser preso!

Bizarro não, mas é a mais pura verdade, pois na prisão de Heilongjiang, situada no norte da China, os detentos podem escapar do tédio provocado pelo cárcere jogando até 12 horas diárias do game World of Warcraft.

Bom não é? Na realidade seria ótimo se não fosse um regime de semi-escravidão segundo revela um ex-guarda da cadeia, que explica o esquema.

Os presos não jogavam por diversão ou para se entreter, e sim com o intuito de agregar créditos tais como: novas armas, personagens e poderes que mais tarde são vendidos na web, chegando a gerar R$ 900,00 por dia aos administradores do presídio, o valor é alto, mas plausível: a prática de revender créditos obtidos em games, que se chama gold farming, movimenta mais de US$ 1,2 bilhão no país.

E você? O que acha disso?