China proibiu completamente o comércio legal de marfim

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Boas notícias a todos: a China encerrou seu comércio legal e sancionado pelo governo de marfim.

Como resultado, as 172 fábricas de escultura em marfim licenciadas e as lojas que vendem marfim serão fechadas.

China proibiu completamente o comércio legal de marfim

Os planos de proibição foram anunciados em 2015 pelo presidente Xi Jinping e pelo ex-presidente dos EUA Barack Obama, segundo os relatórios da National Geographic.

Na época, ambas as partes disseram que seus respectivos países haviam concordado com uma proibição “quase completa” do marfim, o que significaria que a compra ou venda de marfim seria proibida em todas as circunstâncias, exceto em algumas poucas – como itens antigos.

Os EUA introduziram sua proibição de marfim em junho de 2016, e a China começa hoje.

Os ativistas da vida selvagem classificaram a medida como um passo importante na redução do número de elefantes mortos a cada ano.

Grupos de vida selvagem estimam que cerca de 30.000 elefantes são mortos por caçadores furtivos na África a cada ano – os ativistas esperam que a proibição na China reduza bastante esse número, já que se acredita que o país seja o maior consumidor de marfim.

Peter Knights, executivo-chefe do grupo WildAid, disse à Reuters que a proibição é “o maior passo para reduzir a caça furtiva de elefantes”.

A proibição já causou um declínio de 80% nas apreensões de marfim ilegal que entraram na China, bem como uma queda de 65% nos preços do marfim bruto, de acordo com a WildAid.

Um porta-voz da WildAid disse: “Podemos começar a ter esperança de que os elefantes estejam mais seguros agora que a China proibiu as vendas comerciais de marfim”.

O vice-presidente sênior do Fundo Mundial para a Vida Selvagem e membro do conselho da organização TRAFFIC Ginette Hemley disse:

“Ao fechar seus mercados de marfim, a China está demonstrando seu compromisso de encerrar seu papel na epidemia de caça furtiva que afeta os elefantes da África.

“É fundamental que os esforços para promulgar a proibição do comércio de marfim sejam acompanhados por esforços para mudar o comportamento do consumidor, a fim de reduzir a demanda”.

Traduzido e adaptado por equipe Minilua
Fonte: Ladbible