Casos macabros #10: Assassino do Zodíaco

No último post da série falamos sobre Jeffrey Dahmer um assassino e canibal que matava uma pessoa por semana e comia seus pedaços depois. Hoje falaremos sobre um dos mais famosos casos do mundo:




O assassino do Zodíaco

1123416ha4a835faa2

Quantas pessoas ele matou? Onde vivia e quem era esse assassino? Porque ele mandava cartas à polícia e aos jornais falando de seus crimes passados e futuros? O que significam os códigos contidos nessas cartas? Essas são apenas algumas de tantas perguntas que até hoje não possuem resposta nesse caso, o que torna o Assassino do Zodíaco uma lenda, pois conseguiu realizar o crime perfeito.




Primeiro assassinato

cheri-jo-bates-v1

Era 1966, Cheri Jo Bates uma bela estudante saiu de casa com seu carro para a aula como em outro dia qualquer, mal sabia ela que aquelas horas seriam as últimas de sua vida, pois quando ia em direção ao local em que estudava, era seguida por um homem em seu carro, que apenas esperava uma oportunidade para concretizar seu macabro desejo.

Cheri passou a tarde e a noite estudando, quando saiu já estava escuro e fazia frio, rapidamente ela caminhou até seu carro pelo estacionamento vazio aquela hora, assim que entrou no veículo a A IMAGEM DO RAPAZ SOZINHO NA RUA ESCURApartida foi dada, porém não pegou, mais algumas vezes ela tentou, mas nada acontecia. Como se pudesse resolver o problema Cheri saiu do veículo e abriu o capo, mas o que poderia fazer se não entendia nada de mecânica?

Para sua sorte naquele momento um homem estava passando e parou, perguntando se precisava de ajuda, sem pensar duas vezes ela aceitou. O desconhecido deu uma olhada demorada como se procurasse um defeito, mas ele sabia exatamente o que estava acontecendo de errado, afinal fora ele mesmo que havia causado tal problema mais cedo, quando a garota ainda estava estudando.

Beyond-the-Darkness-Anna-Cardini-3

Depois de alguns segundos ele pediu a mulher para se aproximar e olhar algo dentro de uma peça. Quando Cheri se debruçou por sobre o capo, o homem tirou uma faca de seu bolso e agarrou a mulher por trás, antes que pudesse reagir ou mesmo gritar, a lâmina entrou profundamente em seu pescoço e cortou de fora a fora, apenas um pouco mais de força teria decapitado a mulher, mas o assassino estava com pressa e fugiu, deixando a mulher morrer com o sangue se espalhando pelo concreto gelado.




Confissão - A primeira carta

zodiac-movie-fincher-gyllenhaal-ruffalo-ifc

Apenas um mês depois do terrível assassinato de Cheri, a polícia local recebeu uma misteriosa carta, que supostamente vinha do assassino. Ela fala sobre o desejo incontrolável que ele tinha de matar: “Eu passo a noite em claro, pensando quem eu matarei na próxima vez”. Ele também citava possíveis vitimas: “Quem sabe a próxima seja aquela bela loira, que todos os dias as sete da noite passa por um rua escura”. O assassino era tão arrogante que ameaçava e desafiava a todos: “Não compliquem as coisas, deixem suas filhas e mulheres dentro de casa a noite”.

Depois disso outras cartas foram mandadas, até mesmo uma para o pai de Cheri, contudo a polícia jamais teve certeza de que o Assassino do Zodíaco foi realmente quem cometeu o assassinato, por isso o próximo crime é o que inicia oficialmente as mortes orquestradas por esse homem.




Segundo assassinato

0SITE938




O ano era 68, o mês era dezembro. David Arthur Faraday e Betty Lou Jéssica eram dois ihuuuadolescentes que há pouco tempo paqueravam e decidiram terem seu primeiro encontro, como era de costume na época ele a levou para comer e ver um filme, depois os dois foram até um lugar mais calmo, onde estacionaram, querendo dar uns bons amassos por ali mesmo.

Os dois reclinaram os bancos e quando menos esperavam um homem bateu na janela e gritou para que os dois saíssem de dentro. David simplesmente negou, nesse momento o assassino puxou uma arma e antes que alguém pudesse fazer algo um tiro acertou a cabeça do menino, entrando na sua orelha. Apavorada Betty tentou fugir, mas levou cinco tiros nas costas e morreu a menos de dez metros do carro.

Ninguém viu o homem, seu carro ou qualquer coisa que pudesse dar uma pista sobre o matador. Mesmo assim a polícia iniciou as investigações sobre o crime. Mal sabiam eles que dessa vez não mexiam com qualquer criminoso e sim com um assassino inteligente, capaz de dar pistas sobre seus crimes e não ser pego, capaz de manipular a mídia para aparecer, capaz também de escrever códigos que até hoje são indecifráveis.

Essa era o Assassino do Zodíaco, um criminoso inteligente e perfeito, que ainda estava apenas começando a assombrar a todos… Se você quer que continuemos contando essa incrível história recomende esse post clicando logo abaixo, que logo teremos uma continuação.

Me siga no Twitter: @Diego_minilua ou me adicione ace:http://www.facebook.com/diegominilua.

Receba mais em seu e-mail

Casos macabros #10: Assassino do Zodíaco

No último post da série falamos sobre Jeffrey Dahmer um assassino e canibal que matava uma pessoa por semana e comia seus pedaços depois. Hoje falaremos sobre um dos mais famosos casos do mundo:




O assassino do Zodíaco

1123416ha4a835faa2

Quantas pessoas ele matou? Onde vivia e quem era esse assassino? Porque ele mandava cartas à polícia e aos jornais falando de seus crimes passados e futuros? O que significam os códigos contidos nessas cartas? Essas são apenas algumas de tantas perguntas que até hoje não possuem resposta nesse caso, o que torna o Assassino do Zodíaco uma lenda, pois conseguiu realizar o crime perfeito.




Primeiro assassinato

cheri-jo-bates-v1

Era 1966, Cheri Jo Bates uma bela estudante saiu de casa com seu carro para a aula como em outro dia qualquer, mal sabia ela que aquelas horas seriam as últimas de sua vida, pois quando ia em direção ao local em que estudava, era seguida por um homem em seu carro, que apenas esperava uma oportunidade para concretizar seu macabro desejo.

Cheri passou a tarde e a noite estudando, quando saiu já estava escuro e fazia frio, rapidamente ela caminhou até seu carro pelo estacionamento vazio aquela hora, assim que entrou no veículo a A IMAGEM DO RAPAZ SOZINHO NA RUA ESCURApartida foi dada, porém não pegou, mais algumas vezes ela tentou, mas nada acontecia. Como se pudesse resolver o problema Cheri saiu do veículo e abriu o capo, mas o que poderia fazer se não entendia nada de mecânica?

Para sua sorte naquele momento um homem estava passando e parou, perguntando se precisava de ajuda, sem pensar duas vezes ela aceitou. O desconhecido deu uma olhada demorada como se procurasse um defeito, mas ele sabia exatamente o que estava acontecendo de errado, afinal fora ele mesmo que havia causado tal problema mais cedo, quando a garota ainda estava estudando.

Beyond-the-Darkness-Anna-Cardini-3

Depois de alguns segundos ele pediu a mulher para se aproximar e olhar algo dentro de uma peça. Quando Cheri se debruçou por sobre o capo, o homem tirou uma faca de seu bolso e agarrou a mulher por trás, antes que pudesse reagir ou mesmo gritar, a lâmina entrou profundamente em seu pescoço e cortou de fora a fora, apenas um pouco mais de força teria decapitado a mulher, mas o assassino estava com pressa e fugiu, deixando a mulher morrer com o sangue se espalhando pelo concreto gelado.




Confissão - A primeira carta

zodiac-movie-fincher-gyllenhaal-ruffalo-ifc

Apenas um mês depois do terrível assassinato de Cheri, a polícia local recebeu uma misteriosa carta, que supostamente vinha do assassino. Ela fala sobre o desejo incontrolável que ele tinha de matar: “Eu passo a noite em claro, pensando quem eu matarei na próxima vez”. Ele também citava possíveis vitimas: “Quem sabe a próxima seja aquela bela loira, que todos os dias as sete da noite passa por um rua escura”. O assassino era tão arrogante que ameaçava e desafiava a todos: “Não compliquem as coisas, deixem suas filhas e mulheres dentro de casa a noite”.

Depois disso outras cartas foram mandadas, até mesmo uma para o pai de Cheri, contudo a polícia jamais teve certeza de que o Assassino do Zodíaco foi realmente quem cometeu o assassinato, por isso o próximo crime é o que inicia oficialmente as mortes orquestradas por esse homem.




Segundo assassinato

0SITE938




O ano era 68, o mês era dezembro. David Arthur Faraday e Betty Lou Jéssica eram dois ihuuuadolescentes que há pouco tempo paqueravam e decidiram terem seu primeiro encontro, como era de costume na época ele a levou para comer e ver um filme, depois os dois foram até um lugar mais calmo, onde estacionaram, querendo dar uns bons amassos por ali mesmo.

Os dois reclinaram os bancos e quando menos esperavam um homem bateu na janela e gritou para que os dois saíssem de dentro. David simplesmente negou, nesse momento o assassino puxou uma arma e antes que alguém pudesse fazer algo um tiro acertou a cabeça do menino, entrando na sua orelha. Apavorada Betty tentou fugir, mas levou cinco tiros nas costas e morreu a menos de dez metros do carro.

Ninguém viu o homem, seu carro ou qualquer coisa que pudesse dar uma pista sobre o matador. Mesmo assim a polícia iniciou as investigações sobre o crime. Mal sabiam eles que dessa vez não mexiam com qualquer criminoso e sim com um assassino inteligente, capaz de dar pistas sobre seus crimes e não ser pego, capaz de manipular a mídia para aparecer, capaz também de escrever códigos que até hoje são indecifráveis.

Essa era o Assassino do Zodíaco, um criminoso inteligente e perfeito, que ainda estava apenas começando a assombrar a todos… Se você quer que continuemos contando essa incrível história recomende esse post clicando logo abaixo, que logo teremos uma continuação.

Me siga no Twitter: @Diego_minilua ou me adicione ace:http://www.facebook.com/diegominilua.

Receba mais em seu e-mail
Topo