A carne vermelha é boa ou ruim para a saúde?

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Quando se trata de um risco aumentado de doenças cardíacas, diabetes e morte, é crucial distinguir entre carne processada e não processada, pois as duas podem ter efeitos muito diferentes. Os estudos observacionais parecem concordar que a carne processada está associada a um risco aumentado de morte prematura e muitas doenças. Mas, mesmo assim, é importante ter em mente que esses estudos têm limitações. É impossível tirar conclusões fortes de estudos observacionais. A única maneira de estabelecer causa e efeito é realizar ensaios clínicos randomizados.

Muitos estudos observacionais mostram que o consumo de carne vermelha está associado a um risco aumentado de câncer. O principal tipo de câncer que se acredita causar a carne vermelha é o câncer colorretal, o quarto câncer mais diagnosticado no mundo. Um problema recorrente nesses estudos é que eles parecem reunir carne processada e carne vermelha não processada. Outros estudos sugerem que não é a carne em si, mas compostos nocivos que se formam quando a carne é cozida, que contribuem para o aumento do risco. Portanto, o método de cozimento pode ser um dos principais determinantes dos efeitos finais da carne na saúde.

A carne vermelha é boa ou ruim para a saúde?

Quando você olha de perto, praticamente todos os estudos que supostamente provam que a carne vermelha causa danos são estudos observacionais. Esses tipos de estudos podem demonstrar apenas correlação ou que duas variáveis ​​estão associadas. Eles podem nos dizer que indivíduos que comem muita carne vermelha têm maior probabilidade de adoecer, mas não podem provar que a carne vermelha é a causa. Um dos principais problemas de tais estudos é que eles são atormentados por vários fatores de confusão.

Por exemplo, pessoas que comem carne vermelha são menos preocupadas com a saúde e mais propensas a fumar, beber excessivamente, comer mais açúcar, exercitar-se menos etc. As pessoas preocupadas com a saúde se comportam de maneira muito diferente das pessoas que não são, e é impossível corrigir todos esses fatores. Outro problema dos estudos observacionais é que eles geralmente são baseados em questionários de frequência alimentar, nos quais as pessoas devem se lembrar do que comeram no passado. É sempre uma má ideia tomar decisões de saúde com base apenas em estudos observacionais.

A carne vermelha é boa ou ruim para a saúde?

Quando a carne é cozida em alta temperatura, pode formar compostos nocivos. Isso inclui aminas heterocíclicas (HAs), hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs) e produtos finais de glicação avançada (AGEs). Essas substâncias podem causar câncer em animais. Se a carne realmente aumentar o risco de câncer, que ainda não foi comprovado, esse pode ser o motivo. Mas isso não se aplica apenas à carne, outros alimentos também podem formar compostos nocivos quando aquecidos excessivamente.

Muitas pessoas adoram o sabor da carne frita e grelhada. Mas se você quiser desfrutar da carne e receber todos os benefícios sem nenhuma das consequências potencialmente prejudiciais, use métodos de cozimento mais delicados e evite carne crua. A carne vermelha adequadamente cozida provavelmente é muito saudável. É altamente nutritiva e carregada com proteínas saudáveis, gorduras saudáveis, vitaminas e minerais, juntamente com vários nutrientes que afetam positivamente a função do corpo e do cérebro.