Uma breve história da Terra #4

Nem milhares, nem milhões, a Terra tem bilhões de anos e sua história começou muito antes de qualquer criatura viva estar por aqui:




Siluriano

siluriano

O Siluriano foi um curto período onde a vida começou a se recuperar depois da grande tragédia que dizimou um enorme número de espécies durante o evento conhecido como “A Grande Extinção do Ordoviciano”.

Foi nesse período que surgiram os primeiros macrofósseis em terra firme. Nessa época os seres terrestres eram musgos vivendo a beira do mar e dos rios. Do meio para o fim dessa era, alguns fatos bastante importantes ocorreram, como o surgimento das primeiras plantas vasculares (aquelas que carregam água e sais dentro de si), e também o aparecimento dos primeiros animais terrestre, com destaque para o Pneumodesmus (uma espécie de centopeia), que pode ser o mais antigo animal a ter vivido em terra.

Durante o Siluriano, também houveram importantes movimentações das placas tectônicas, com destaque para o choque que ocorreu com o que hoje é a Europa, batendo nos EUA. Esse choque modificou muito o terreno e contribuiu para o avanço do supercontinente para o Sul, criando um gigantesco mar do norte, chamado Panthalassa.




Devoniano

devoniano

O Devoniano, que ocorreu entre 419 e 358 milhões de anos atrás, foi um período de mudanças e grandes adaptações. Foi nessa época que as plantas começaram a dominar todo o território mundial, espalhando-se em todos os cantos. Nesse momento, a Terra marrom começou a ficar esverdeada. As primeiras folhas e raízes surgiram, assim como as sementes.

No mar, os peixes tornaram-se reis, diversificando-se de várias maneiras. Nesse período, os tubarões começaram a se tornar os donos dos mares.

Na terra, os artrópodes (animais invertebrados com exoesqueletos) começaram a se espalhar, fixando os primeiros grupos grandes. Mais ao final dessa era, os primeiros quadrúpedes apareceram.

O clima era agradável, mas quente, tanto que provavelmente não haviam geleiras. Os animais cresciam e floresciam em um mundo ameno e novo, totalmente inexplorado pela vida. Todos tinham espaço e oportunidades para evoluir. Mas uma surpresa estava por acontecer.




Extinção do Neodevoniano

Blakey_370moll

A vida na Terra começou na água e depois migrou para o chão firme. E foi durante o Devoniano que ela realmente dominou tudo, mas alguma coisa muito estranha aconteceu e o que um dia foi o leito da vida, tornou-se um lugar de morte.

Ninguém sabe ao certo o que ocorreu, mas ao final do Devoniano, alguma coisa causou uma das cinco maiores extinções em massa de toda a história do planeta. O peixes e seres que viviam nas águas quentes desse período sumiram. Assim como os recifes abundantes existentes em todos os cantos do planeta. A vida em Terra foi menos afetada.

Acredita-se que um meteoro possa ter afetado os mares e causado essa extinção gigantesca na vida marinha, porém não existem provas sobre isso.




Carbonífero

Eryops in Carboniferous swamp

Após a grande tragédia, o ciclo da vida retornou ao normal na Terra. Os peixes voltaram a se multiplicar e as plantas começaram a ganhar caules grandes, transformando-se em árvores.

Na terra firme, os primeiros anfíbios começaram a transformação que deu origem aos repteis. Essa época seria assustadora para nós, pois a quantidade de oxigênio no ar chegou aos 35%, fazendo com que todos animais fossem enormes. Haviam libélulas com 75 centímetros de envergadura e escorpiões com mais de 70 centímetros de comprimento. A Arthropleura, uma espécie de lagarta com exoesqueleto, viveu nessa época e podia chegar aos 2,6 metros de comprimento, o que lhe rende o título de maior artrópode terrestre da história:

Giardino_dei_semplici,_mostra_dinosauri,_arthropleura_armata




Arthropleura_and_Nigel

Depois de milhões de anos de movimentação, os continentes começaram uma nova viagem e se juntaram mais uma vez, formando o Pangeia. Isso unificou quase todas os continentes do planeta, criando uma ilha gigantesca, que permitia o livro tráfego de animais por todos os cantos. As migrações longas se tornaram mais comuns e o mundo foi povoado mesmo nos mais longínquos cantos.

Tudo ia bem. Os animais eram fortes e grandes, os mares eram calmos e habitados. Havia Terra para todas as novas espécies que se formavam. Mas sem que ninguém notasse, uma poderosa força começava a surgir no meio das florestas daquele novo mundo. Uma nova Era vinha surgindo no planeta, uma Era que seria dominada pelos temidos dinossauros!

Receba mais em seu e-mail
Topo