Início Celebridades

Brad Pitt critica a ex Angelina Jolie por “tática de adiamento” em meio a uma dura batalha pela custódia

A equipe jurídica de Brad Pitt criticou Angelina Jolie por causa de ‘táticas de adiamento’ relacionadas à dura batalha de custódia do casal.

Quatro anos após o pedido de divórcio, a prolongada audiência de custódia do ex-casal pode ser adiada ainda mais por causa de registros recentes.

Em 7 de Agosto, Angelina entrou com um pedido para remover o juiz John W. Ouderkirk da audiência de divórcio.

Juiz tendencioso

De acordo com os documentos, obtidos pela People, a atriz sugeriu que o juiz seria ‘tendencioso’, pois não revelou suas relações comerciais com os advogados de Brad.

Na quinta-feira, a equipe jurídica de Pitt criticou a ação como “uma tentativa velada de Jolie de atrasar o julgamento de questões de custódia pendentes neste caso“.

No processo, Pitt, de 56 anos, acusou sua ex-mulher de tentar protelar o caso e classificou a jogada como uma ‘Ave Maria’ – um termo usado no futebol americano quando o jogo é deliberadamente atrasado.

A equipe jurídica acrescentou que Angelina estava ciente dos compromissos de Ouderkirk e que ela “nunca se opôs ao envolvimento dele contínuo neste processo até agora.”

O documento prossegue afirmando que os mais ‘prejudicados’ pelo ‘gambito tático’ seriam os filhos do casal.

O processo dizia: “Infelizmente, os indivíduos mais prejudicados pelo gambito tático transparente de Jolie são os próprios filhos das partes, que continuam a ser privados de uma resolução final para essas questões de custódia.”

Um representante de Brad foi contatado para comentar

A advogada de Jolie, Samantha Bley DeJean, disse à People: “É uma pena que a equipe do Sr. Pitt tenha procurado intervir antes da resposta do juiz Ouderkirk.”

“Só podemos concluir que esta é uma tentativa de obstruir ou influenciar a resposta do juiz Ouderkirk.”

“Qualquer atraso nesses procedimentos se deve à tentativa zelosa de criar uma exceção especial não reconhecida para o benefício de seu cliente.”

Brad e Angelina se casaram em 2014 antes de pedir o divórcio dois anos depois, citando diferenças irreconciliáveis.

Desde 2016, o caso do casal parece ter sido tudo, menos uma sepração consciente.

Embora um juiz tenha decidido em 2019 que Angelina e Brad estavam oficialmente ‘solteiros’, seu divórcio ainda estava longe de ser finalizado.

O casal compartilha seis filhos – Maddox, 19, Pax, 16, Zahara, 15, Shiloh, 14, e os gêmeos Knox e Vivienne, 12.

O caso continua sobre quanta custódia cada pai terá sobre os filhos.

Traduzido e adaptado por equipe MiniLua

Fonte: Mirror