Minilua

As mais bizarras tradições do mundo #2

Cada povo possui suas tradições e as pratica como algo comum, mas às vezes quando elas são observadas de fora, por outras culturas, algumas delas podem parecer bizarras e até abomináveis. Como essas tradições que vamos conhecer, que para nós parecem estranhas, mas são praticadas como algo comum por seu povo:

Andar sobre brasas no dia de São João – Brasil

Muitos esperam a época de festa junina para se esbaldarem de comidas típicas como, pé de moleque, canjica e quentão, enquanto outros esperam ansiosamente essa mesma data para andarem em brasas, numa tentativa de testar a sua fé.

Essa tradição bizarra vem dos fiéis do quilombo Mato do Tição, no interior de Minas Gerais, onde muitas pessoas caminham sobre 12 metros de brasas à meia noite.

Sendo um teste de fé ou não, muitos acabam tendo queimaduras de 1º, 2º e 3º graus nos pés.

Arremesso de bebês – Índia

Na Índia os bebês são arremessados de uma torre de 15 metros e são aparados por pessoas com lençóis, em um ritual que já existe há mais de 500 anos. Essa tradição diz garantir a saúde das crianças, para que assim possam crescer fortes e mais saudáveis.

Corrida do Queijo – Inglaterra

Na Inglaterra muitos homens correm atrás de um queijo que é jogado montanha de uma montanha. E aquele que conseguir chegar embaixo da montanha primeiro leva o queijo para casa.

A maioria dos participantes saem da corrida com canelas torcidas e ossos quebrados.

Não seria mais fácil comprar um queijo no supermercado?

Bolas de Fogo – El Salvador

O dia 31 de agosto na cidade de Nepajo é comemorado com bastante adrenalina, onde as pessoas jogam bolas de fogo uma nas outras. Esse evento tem raízes religiosas que trata sobre a reprodução da luta entre São Jerônimo e o diabo. Entretanto teve inicio quando a cidade precisou ser evacuada devido à erupção de um vulcão, e enquanto os moradores fugiam eles viam bolas de fogo saindo do vulcão e acreditaram ser São Jerônimo (patrono do local) lutando contra o demônio para protegê-los.

Mergulho de ano novo – Rússia

Tudo bem que um mergulho na virada do ano pode fazer bem ou trazer alguma sorte, mas mergulhar em águas congelantes e ainda plantar uma árvore de Natal no fundo do Baikal, lago mais profundo do mundo?

Essa tradição além de maluca é bastante perigosa, pois a temperatura é de aproximadamente -23ºC e mesmo nesse frio muitos ainda dançam ao redor da árvore plantada no lago.

Se não servir para trazer sorte pelo menos servirá para pagar os pecados e entrar o ano sem débito algum!