Minilua

As mais bizarras anomalias do corpo humano

O corpo humano é uma máquina incrível, que consegue realizar feitos inimagináveis. Contudo, ele tem suas falhas:

A síndrome do morto vivo

O cérebro é algo muito frágil e qualquer pequena falha nele pode gerar os mais diversos problemas. Um dos mais bizarros distúrbios que nossa mente pode ter é o Delírio de Cotard, também conhecido como Síndrome do Morto Vivo. Essa falha mental faz com que a pessoa pense que está morta e seu corpo está apodrecendo. A coisa é tão intensa que muita gente morre de verdade, pois acredita não precisar mais comer!

Um dos casos mais famosos dessa doença é o de um escocês que, após ter sofrido uma traumatismo craniano, pensou estar no inferno! Ele fez uma viagem para a África do Sul e por causa do calor (e, obviamente, por causa do problema na cabeça) ele pensou estar morto.

Ele, de tão louco que estava, pensou ter roubado a alma da mãe e a levado junto para o inferno, pois a viagem foi em companhia de sua progenitora. Ele também acreditava que tinha morrido por causa da AIDS, pelo simples fato de ter lido algo sobre a doença dias antes do acidente.

A barriga de cervejaria

Essa doença é tão rara que os médicos normalmente não sabem quando ela está acontecendo. Há pouco tempo, um homem do Texas ficava bêbado todos os dias, mas jurava de pé junto que não tinha bebido nada. Sua esposa não acreditava nele e nem os doutores que lhe tratavam. Até que um dia resolveram interná-lo, pois estava com uma quantidade enorme de álcool no sangue. No dia seguinte, os médicos repetiram o exame e o homem, mesmo sem ter bebido nada, continuava “duro da cachaça”.

Só assim eles descobriram que o paciente sofria com a Síndrome da Fermentação de Gut, também conhecida como “barriga de cervejaria”. Essa doença faz com que o estômago, em vez de digerir o açúcar, transforme-o em álcool.

Essa doença, extremamente rara, pode até parecer uma boa, principalmente para quem gosta de “enxugar” um trago, mas imagine estar todos os dias de ressaca e não poder comer nenhum tipo de açúcar antes de dirigir.

A síndrome do destemido

Na maioria dos casos, o causador dessa doença é o excesso de anabolizantes, por isso basta suspender o uso e tudo fica bem. Porém existe uma versão dela que é causada por um tumor benigno e o tratamento disso é a remoção da glândula supra-renal.

Em casos ainda mais raros, as duas glândulas precisam ser removidas e é aí que as coisas ficam doidas. Essas glândulas são as responsáveis pela liberação de adrenalina no corpo, ou seja, sem elas uma pessoa simplesmente não consegue mais sentir medo de nada!

Uma pessoa, que não tenha as duas glândulas, pode pular de paraquedas sem o coração bater mais rápido, pode estar com uma arma apontada para a cabeça e não sentir nada… Enfim, ela se torna uma pessoa totalmente destemida!

Claro que não ter medo é ruim, afinal ele nos ajuda a sobreviver. Contudo, essa doença ainda tem outro efeito colateral, pois a adrenalina é um analgésico natural e sem ela, qualquer dorzinha corporal ganha muito mais importância.

Siga Diego Martins no Google+: gplus/diegomartins

Ou adicione no Facebook: http://www.facebook.com/diegominilua

Faça parte de nosso grupo: http://www.facebook.com/groups/188760724584263/