Está buscando biografias de mulheres inspiradoras? Considere esses 5 filmes

ANÚNCIO
ANÚNCIO

Atualmente, várias biografias de mulheres inspiradoras têm servido de inspiração para muita gente no mundo todo. Por exemplo, um nome sempre lembrado é Frida Kahlo. E há várias outras. Pensando nisso, trouxemos aqui 5 biografias que viraram filmes e vale a pena assistir.

E a verdade é que a gente não se preocupou muito com a data de lançamento, com a gravação, com o idioma e nem nada do tipo. O foco foi trazer aquelas produções que realmente são focadas nas trajetórias femininas.

Até mesmo porque a gente não precisa esperar todo dia 8 de Março para comemorar o Dia Internacional da Mulher, não é mesmo? Ao assistir essas histórias, você vai ter a certeza de que o dia da mulher é todo dia, literalmente.

1 – Frida (2002)

E como usamos a Frida como referência na introdução do texto, então, que comecemos falando dela. O filme Frida é de 2002 e como o nome sugere é focada na ícone feminista Frida Kahlo. Ela teve a sua história contada em um filme de Julie Taymor.

O roteiro foi todo baseado no livro de Hayden Herrera. Logo, Selma Hayek fez uma das melhores Fridas de todos os tempos. E recebeu diversas indicações ao Oscar e ao Globo de Ouro – não à toa porque a sua interpretação foi excepcional.

Sobre o filme, ele conta as várias fases da vida da pintora mexicana, desde o acidente que sofreu na juventude, as convicções políticas, a carreira de artista e até mesmo o romance que teve com Diego Rivera.

2 – Olga (2004)

E quando a gente vai citar um filme que é brasileiro dá até orgulho, não é mesmo? Olga é nacional, de 2004 e venceu diversos prêmios também. Ele foi estrelado por Camila Morgado e conta a história da judia alemã Olga Benário.

A trajetória dela é de Berlim até o Brasil, acompanhando Luís Carlos Prestes e planejando o que ficou conhecido como Intentona Comunista contra o presidente Getúlio Vargas. O filme é do famoso Jayme Monjardim e todo inspirado na biografia escrita por Fernando Morais.

3 – Nise: o coração da loucura (2016)

Ainda que seja um filme muito recente, esse pode estar na lista dos mais desconhecidos também. E não porque a obra não é boa, mas porque a divulgação talvez não tenha tido o efeito esperado.

É outra obra nacional, que foi protagonizado por ninguém menos do que Glória Pires. Ele é de direção de Roberto Berliner e conta sobre a psiquiatra alagoana Nise da Silveira, que tem uma luta muito forte antimanicomial.

Ela foi uma das responsáveis por revolucionar os métodos de tratamento de pacientes esquizofrênicos. Logo, sempre rejeitou práticas como o eletrochoque e propôs, ao invés disso, as terapias alternativas.

4 – Coco antes de Chanel (2009)

Devido ao foco internacional e ao nome de maior conhecimento, esse filme fez um reboliço no mundo todo. Até mesmo porque Audrey Tautou foi quem fez o papel principal e ela, por si só, tem um grande número de fãs.

Saiba quais são as 5 mulheres mais ricas do mundo

O filme mostra os primeiros passos de Coco Chanel na carreira. A direção é de Anne Fontaine. Assim, dá para ver a vida da estilista como cantora de cabaré, como costureira e, enfim, com o sucesso que tem hoje, no mundo da moda e da grife.

Inclusive, ela é considerar a precursora da revolução da moda que aconteceu no século 20.

5 – What Happened, Miss Simone? (2015)

E para fechar a lista de biografias de mulheres inspiradoras que você pode assistir temos essa indicação, que é um documentário de Liz Garbus. Ele está disponível na Netflix e conta sobre Nina Simone, uma cantora pianista com trajetória marcante.

Assim sendo, para a produção foram usados vários arquivos raros dela, que foi também uma ativista dos direitos civis. Há episódios bem marcantes e fortes, que temam sobre o racismo, a violência doméstica e várias outras histórias vivenciadas por ela.

Curiosamente, o documentário foi indicado ao Oscar no ano de 2016.

Conheça também os livros

biografias de mulheres inspiradoras

Se você gosta de ler, também, saiba que há várias biografias de mulheres inspiradoras para ler. Por exemplo, Rita Lee – uma autobiografia. O livro não custa mais do que R$ 40 e é sobre essa cantora polêmica que foi presa em 1976. Há detalhes incríveis na obra, que transpira essência.

E não dá para deixar de falar do célebre O Diário de Anne Frank, que cita as dificuldades durante o Holocausto. Há várias versões do livro, que pode ser encontrado até mesmo em sebos por preços bastante acessíveis. Ele é de 1974 e foi autorizado pelo pai.

Para quem gosta de cinema, a gente encontrou também um clássico chamado Fragmentos, que é sobre Marilyn Monroe. O livro traz versos, cartas e trechos do diário dessa mulher, que é símbolo da beleza no mundo todo. O livro é recente, de 2011 e tem menos que 300 páginas.

Escritoras Brasileiras Contemporâneas – veja 10 livros que toda mulher deveria ler

Agora, impossível a gente terminar esse artigo sem falar de um dos livros que está sendo mais lido nos últimos meses, o Minha História, de Michelle Obama. Hoje, ela é vista como uma das mulheres mais relevantes do mundo. A autobiografia custa em torno de R$ 40 e é de 2018.