As 5 bebidas mais bizarras do mundo

Assim como praticamente todos os outros produtos, as bebidas apresentam certas características que as diferem umas das outras, agradando a vários tipos de paladares. No entanto, algumas bebidas usam ingredientes tão incomuns no seu processo de fabricação que conseguiram alcançar um nível inimaginável de bizarrice. Confira cinco bons exemplos:

5. Kumis

As 5 bebidas mais bizarras do mundo

O leite de égua serve como base para a preparação de uma bebida alcoólica chamada kumis, muito apreciada em países como a Mongólia, Cazaquistão e Quirguistão. O leite geralmente não é consumido em sua forma pura porque é um forte laxante. Por isso, o povo dessas regiões tem fermentado o leite e transformado em álcool. Mas vale destacar que o kumis não é totalmente alcoólico, sendo mais semelhante à cerveja em sua forma e modo de consumo.

4. Chá de erva cultivada em cocô de panda

As 5 bebidas mais bizarras do mundo

An Yanshi, um professor de caligrafia da Universidade de Sichuan, China, patenteou um chá de uma erva que é inteiramente cultivada no cocô de pandas. Durante a apresentação do seu chá, An Yanshi disse que os pandas absorvem menos de 30% da nutrição dos seus alimentos (bambu), de modo que os 70% restantes dos nutrientes são lançados ​​nas fezes, o que supostamente tornaria o cocô muito nutritivo.

3. Vinho de cobra

As 5 bebidas mais bizarras do mundo

O vinho de cobra é basicamente o que o próprio nome já dá a entender: um vinho de arroz que é armazenado dentro de uma garrafa juntamente com uma cobra. Esta bebida tradicional tem sido consumida na China há milênios e ainda pode ser encontrada lá, assim como em algumas partes da Índia e do Sudeste Asiático. Essa bebida já foi consumida como remédio, já que o povo daquela época acreditava que o veneno da cobra poderia trazer efeitos benéficos para que tomasse um gole da coisa. No entanto, é importante destacar que o veneno é neutralizado pelo álcool e não representa uma ameaça à vida de quem consome essa bebida.

Clique em “Próximo” para ler o restante do conteúdo da postagem.